Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Prefeitura do Recife promove ações para marcar o Dia Nacional da Imunização

Publicado em: 08/06/2022 18:26 | Atualizado em: 08/06/2022 18:31

 (Foto: IKAMAHÃ/SECRETARIA DE SAÚDE DO RECIFE )
Foto: IKAMAHÃ/SECRETARIA DE SAÚDE DO RECIFE
Como forma de registrar a importância da imunização, aumentar a cobertura vacinal da cidade e chamar atenção para a importância das vacinas como um pacto de saúde coletiva e individual, a Prefeitura do Recife vai promover, nesta quinta-feira (9), ações sobre o tema para marcar o Dia Nacional da Imunização. Ao longo desta quinta, os profissionais da Secretaria de Saúde do município vão oferecer palestras para os alunos dos 40 polos do Programa Academia da Cidade (PAC) espalhados pela capital sobre a necessidade de manter a caderneta vacinal atualizada, além de explicar a relevância dos imunizantes na defesa e proteção do organismo contra diversas doenças imunopreveníveis. 

Também dentro da programação, serão ofertadas as vacinas contra gripe e o sarampo para os públicos prioritários em três polos do PAC: Miguel de Cervantes, na Ilha do Leite; Cavouco, na Iputinga; e Jaqueira, no bairro de mesmo nome. A imunização nesses locais vai acontecer das 8h às 11h. 

Até o momento, foram aplicadas 56.200 doses de vacina contra o sarampo na cidade - o que representa uma cobertura vacinal de 31,29%. Para esta campanha, cujo público-alvo são os trabalhadores da saúde e as crianças de seis meses a menores de cinco anos, a população estimada pelo Ministério da Saúde é de 179.565 pessoas.  

Em relação à campanha de vacinação contra influenza, a Secretaria de Saúde aplicou 188.427 doses - o que representa um total de 30,3% de cobertura vacinal. Para esta campanha, 621.837 pessoas são o público alvo. Além das crianças de seis meses a menores de cinco anos, dos idosos e trabalhadores da saúde, desde o começo de maio também passaram a poder receber a vacina contra gripe os seguintes grupos: gestantes, puérperas, professores das redes de ensino pública e privada e pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso, trabalhadores portuários, profissionais das forças de segurança e salvamento e das forças armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade e adolescentes e jovens sob medidas socioeducativas.

Para agilizar a vacinação, a Secretaria de Saúde do Recife recomenda que os usuários levem um documento de identificação, a carteira de vacinação e o cartão SUS (se tiverem esses dois últimos). Parte do público-alvo precisa apresentar também documentos que provem a necessidade da imunização. Os profissionais das redes públicas e privadas de saúde e os professores, por exemplo, devem levar comprovantes laborais, como crachás ou carteira de trabalho. Já as gestantes, puérperas, pessoas com comorbidades ou deficiência permanente devem levar laudos médicos que comprovem a condição.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Grupo Diario de Pernambuco