Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

COVID-19

Pernambuco amplia segunda dose de reforço da Covid-19 para pessoas a partir dos 50 anos e trabalhadores da saúde

Publicado em: 06/06/2022 13:49

Cobertura vacinal para a quarta dose em Pernambuco está em 35,9% (Daniel Tavares/PCR/Divulgação)
Cobertura vacinal para a quarta dose em Pernambuco está em 35,9% (Daniel Tavares/PCR/Divulgação)

Representantes do Comitê Técnico Estadual para Acompanhamento da Vacinação e gestores municipais reuniram-se, na manhã desta segunda-feira (06/06), e pactuaram a ampliação do público elegível para segunda imunização de reforço (ou 4ª dose) contra a Covid-19 em Pernambuco. A partir de hoje, a população a partir dos 50 anos e os trabalhadores da saúde, de qualquer idade, que já tenham recebido a terceira dose do esquema vacinal há quatro meses - podem buscar os locais de vacinação de suas cidades. A decisão segue a orientação do Ministério da Saúde.

 

Essa recomendação leva em consideração a amplificação da resposta imune ofertada com as doses de reforço de vacinas contra a doença. Em relação aos trabalhadores de saúde, foi levada em consideração ainda a importância da proteção vacinal devido ao maior grau de exposição à Covid-19, que provoca maior risco de adoecimento e, consequentemente, absenteísmo e impacto no atendimento à população.

 

“É importante frisar que as pessoas consideradas trabalhadoras da saúde serão as mesmas categorias indicadas no início da campanha de imunização contra a Covid-19. Entre elas estão os indivíduos que trabalham em serviços de saúde, a exemplo de hospitais, clínicas, ambulatórios, Unidades Básicas de Saúde (UBS), laboratórios, farmácias e outros locais. Na lista também estão os agentes comunitários de saúde, agentes de combate às endemias, profissionais da vigilância em saúde e os trabalhadores de apoio, como recepcionistas, seguranças, trabalhadores da limpeza, cozinheiros e auxiliares, motoristas de ambulâncias, gestores e etc”, salienta a superintendente de Imunizações do Estado, Ana Catarina.

 

A gestora acrescenta ainda que os profissionais que atuam em cuidados domiciliares também estão inseridos no grupo que irá receber o segundo reforço: programas ou serviços de atendimento domiciliar. Em Pernambuco, a população estimada de trabalhadores da saúde é formada por 294.100 pessoas. A cobertura vacinal para o primeiro reforço deste grupo está em 78,90% (232.055 doses aplicadas).

 

Para a aplicação da quarta dose (segundo reforço) devem ser utilizados os imunobiológicos da Pfizer, Astrazeneca/Fiocruz ou Janssen, conforme orientação do órgão de saúde federal. Os gestores municipais devem analisar seus estoques e a população já vacinada para informar ao Programa Nacional de Imunizações (PNI-PE) os quantitativos que necessitam para aplicação da quarta dose.

 

“Está prevista para esta terça-feira (07/06) a chegada de pouco mais de 600 mil doses de vacinas da Pfizer que serão destinadas ao Estado para aplicação de doses de reforço. Para o segundo reforço, estamos com apenas com 35,9% de cobertura vacinal e isso é muito pouco frente à proteção que a vacina oferece para adoecimentos graves e óbitos. Temos que levar em conta ainda que circulam no país variantes do vírus e outras podem surgir com o passar das semanas também”, ratificou o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Nova presidente da Caixa toma posse e anuncia primeiras medidas
Manhã na Clube: entrevista com o ex-ministro e pré-candidato ao senado, Gilson Machado
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Grupo Diario de Pernambuco