Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

CHUVAS

Governo tranquiliza população sobre barragens

Publicado em: 04/06/2022 15:34 | Atualizado em: 04/06/2022 16:43

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco(Seinfra), divulgou nota neste sábado esclarecendo  que são falsas as notícias sobre o possível rompimento dos reservatórios de Goitá e Tapacurá. De acordo com a Seinfra, comunicado divulgado na sexta-feira trata da possibilidade de vertimento dos reservatórios, que é um mecanismo de segurança previsto nos projetos para o adequado funcionamento dos reservatórios. “Portanto, não há razão para pânico”, ressalta a nota. 

O ofício  da Secretaria de Recursos Hídricos à Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), Coordenadoria de Defesa Civil de Pernambuco (Codecipe) e aos prefeitos do Recife, São Lourenço da Mata e Camaragibe, enviado às 18h desta sexta-feira(3), gerou preocupação nas redes sociais ao fazer um alerta aos dirigentes para a possibilidade das barragens de Goitá e Tapacurá verterem devido às chuvas e pedir providências em relação às populações ribeirinhas.

"Cumprimentando-os cordialmente, tendo em vista as últimas deliberações quanto a operação da Barragem de Goitá, localizada entre os municípios de Paudalho e São Lourenço da Mata, os eventos chuvosos registrados na Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata na última semana, além das dificuldades de operação da Barragem Tapacurá (localizada no município de São Lourenço da Mata), foram emitidas a Nota Técnica 65 (24932606) e E-mail APAC (24932032), em que alertam para a possibilidade das Barragens de Goitá e Tapacurá verterem", diz trecho do ofício.

"Seguindo o Protocolo de Controle de Cheias do Rio Capibaribe, esta SERH alerta à Codecipe para atuar perante as comunidades ribeirinhas, devido ao possível aumento do nível no rio. Ainda, alertamos da importância de realizar as simulações de vertimento das barragens e a repercussão no nível do Rio Capibaribe a jusante desses empreendimentos, para que as Defesas Civis Estadual e municipais possam estar preparadas para atuar perante as comunidades ribeirinhas do Rio Capibaribe. A equipe técnica da SERH está à disposição para apoio nestas tratativas", afirma no documento a secretária executiva em exercício de Recursos Hídricos, Marília de Souza Leão.

Ainda por meio de nota de esclarecimento, a Secretaria de Infraestrutura de Pernambuco (Seinfra) ressaltou que “os reservatórios integram o Sistema de Contenção de Cheias do Rio Capibaribe, que é monitorado diariamente pela equipe técnica da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) e da Compesa. Reforca-se que os reservatórios formam o sistema, composto ainda pelas barragens de Jucazinho (Surubim), Carpina (Lagoa do Carro), Tapacurá (São Lourenço da Mata) e Goitá (Paudalho)", 

"A Seinfra ressalta ainda que as informações referentes à atuação de sistemas meteorológicos são repassadas por meio de boletins oficiais às coordenadorias de Defesas Civis Municipais e Estaduais e a toda população pernambucana. Desta forma, a orientação é que as pessoas tenham cuidado com boatos e notícias falsas que estão sendo divulgadas, principalmente, pelas redes sociais. Informações confiáveis e atualizadas sobre as chuvas e os rios estão disponibilizadas no site e nas redes sociais do Governo de Pernambuco".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Nova presidente da Caixa toma posse e anuncia primeiras medidas
Manhã na Clube: entrevista com o ex-ministro e pré-candidato ao senado, Gilson Machado
Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Grupo Diario de Pernambuco