Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

CHUVAS

Crea-PE promove debate para discutir medidas que reduzam o impacto das chuvas

Publicado em: 09/06/2022 14:20 | Atualizado em: 09/06/2022 14:33

 (Foto: DP)
Foto: DP
Diante da necessidade de discutir soluções para o problema das fortes chuvas em Pernambuco que causam centenas de vítimas todo ano, o Comitê Tecnológico Permanente (CTP) do Crea-PE realiza nesta quinta-feira (9), às 19h, o seminário virtual “Como preparar a Região Metropolitana do Recife para conviver com chuvas intensas”.  A transmissão será feita ao vivo pela TV Crea-PE, no YouTube.
 
As chuvas que atingiram o estado nas últimas semanas, deixaram um dos saldos mais trágicos da história. Já são 129 vidas perdidas para a tragédia, devido a problemas de falta de infraestrutura, habitação adequada e drenagem nas áreas de morros e encostas.  
 
O encontro reúne um time de especialistas nas áreas de geotecnia, macrodenagem e proteção ambiental. O debate terá como palestrantes o engenheiro civil Alexandre Gusmão, diretor da Escola Politécnica da Universidade de Pernambuco (UPE), a engenheira florestal e professora da Universidade Federal Rural de Pernambuco Isabelle Meunier, e o engenheiro civil Jaime Cabral, professor da Universidade de Pernambuco (UPE) e da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). A mediação será feita por João Recena, engenheiro civil e coordenador do Eixo 3 “Um Projeto para Pernambuco e o Brasil”, do CTP.
 
O objetivo é promover um debate com espaço para sugestões e que apontem caminhos possíveis para o enfrentamento do problema. Depois da apresentação dos participantes, é aberto espaço para interação com os que estiverem acompanhando a live, com perguntas sobre o tema.  

A solução para a tragédia causada pelas fortes chuvas ganhou repercussão nacional, revisitando a necessidade de adoção de políticas públicas que passam pela engenharia. “Precisamos usar da engenharia, da tecnologia para servir a quem mais precisa. Quando o poder público faz essa intervenção, faz por uma cidade completa, porque a drenagem atinge toda a cidade. Quando chove ninguém pode chegar no trabalho e qual o custo que isso se tem? E é uma coisa que estamos introduzindo nas nossas vidas de forma conceitual”, destacou Adriano Lucena, presidente do Crea Pernambuco. 

Segundo Lucena, o debate do CTP dessa semana pretende conscientizar a sociedade diante dos desafios impostos pelas mudanças climáticas. A engenharia no centro do debate trará uma maior segurança, principalmente, para as camadas mais vulneráveis em períodos chuvosos. “Precisamos fazer com que a drenagem funcione, fazer com que a cidade seja arborizada, fazer com que as pessoas que moram em áreas de morro tenham segurança, que tenha educação nas escolas para que as futuras gerações consigam conviver com o espaço físico e isso tudo envolve engenharia”, pontuou. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Quem é Júlio Lancellotti, o padre antissistema que dá esperança aos pobres
Grupo Diario de Pernambuco