Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Alepe Acolhe: projeto da Alepe insere jovens que vivem em abrigos no mercado de trabalho

Publicado em: 14/06/2022 15:48

"Vou aumentar o nível de aprendizagem e dar um futuro melhor para a minha família, ajudar nas coisas da casa e quem sabe ter um aprendizado melhor" Matheus Henrique, 17 anos. (Foto: Taylinne Barret/DP)
"Vou aumentar o nível de aprendizagem e dar um futuro melhor para a minha família, ajudar nas coisas da casa e quem sabe ter um aprendizado melhor" Matheus Henrique, 17 anos. (Foto: Taylinne Barret/DP)

 


A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) realizou na manhã desta terça-feira (14), a 2° edição do "Alepe Acolhe". O projeto é uma iniciativa da Alepe em parceria com o Tribunal de Justiça do Estado que visa inserir jovens pernambucanos, que aguardam na fila de adoção, no mercado de trabalho. O momento contou com a presença do deputado e presidente da Alepe, Eriberto Medeiros (PSB), o primeiro secretário da Casa, deputado Clodoaldo Magalhães (PV) e a secretária executiva de Políticas para Criança e Juventude, Cristiane Barbosa. 


A nova edição do Alepe Acolhe ampliou o número de 8 para 20 jovens na faixa etária de 14 a 17 anos, antes sendo atendidos de 16 a 17, e conta com uma ajuda mensal de 500 reais. Um dos grandes objetivos do estágio é garantir que os jovens tenham uma oportunidade de sair do abrigo com experiências preenchidas em suas carteiras de trabalho.


“É a oportunidade e a esperança que estamos dando a esses jovens. São adolescentes que muitos deles não tiveram nunca uma família e sempre moraram em abrigos. Quando ele sai do projeto, sai um jovem diferenciado e pronto para o trabalho.”, conta Cristiane Barbosa, coordenadora do Alepe Acolhe.


Durante a capacitação, os jovens participantes serão integrados nos setores administrativos da Alepe, além de assistir aulas de português e informática. “Qualquer jovem queria estar aqui e muitos não têm a oportunidade de ter esse aprendizado da vida, oportunidade de crescer e aprender várias coisas. Eu acredito que quando eu sair daqui eu posso ter uma nova oportunidade pelo aprendizado que vou tirar para a minha vida, e acredito que outros jovens também possam conseguir essa oportunidade”, conta uma das participantes, Maria Rita, 17 anos.


O Alepe Acolhe foi eleito, em 2019, como o melhor projeto social pela União Nacional dos Legislativos Estaduais (Unale). O reconhecimento é feito através de propostas apresentadas por servidores ou deputados de todo o Brasil. 


O deputado e presidente da Alepe, Eriberto Medeiros, aproveitou o momento para reforçar a importância da iniciativa. “É de suma importância, mais uma vez, a demonstração de que os deputados e deputadas da Assembleia Legislativa de Pernambuco, estão dispostos a avançar cada vez mais com projetos que possam se aproximar da sociedade, e essa é uma demonstração de avanço.”, finalizou.


TAGS: adoção | trabalho | jovens | alepe |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Quem é Júlio Lancellotti, o padre antissistema que dá esperança aos pobres
Grupo Diario de Pernambuco