Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

FESTEJOS

Secretário diz que Estado está preparado para São João e abre pedidos de reforço na segurança

Publicado em: 05/05/2022 08:49

Prefeituras e demais organizadores de eventos juninos têm até 25 de maio para fazer a solicitação para obter incremento no policiamento durante as festividades.

  (SDS/Reprodução)
Prefeituras e demais organizadores de eventos juninos têm até 25 de maio para fazer a solicitação para obter incremento no policiamento durante as festividades. (SDS/Reprodução)
As Forças de Segurança Pública de Pernambuco estão "preparadas para garantir a tranquilidade das festas juninas" este ano, anunciou a Secretaria de Defesa Social (SDS), após dois anos sem os festejos. Segundo o órgão, as prefeituras dos municipios tem até o dia 25 de maio para solicitarem reforço no policiamento para a realização das celebrações. O pedido deve ser enviado pelo eventos.sds.pe.gov.br. Após o procedimento, a secretaria  informou que será planejado o lançamento extra de profissionais das Polícias Militar, Civil e Científica, além do Corpo de Bombeiros Militar para festas que ocorrerem entre os dias 2 de junho e 3 de julho. Os responsáveis por eventos juninos também podem fazer a solicitação do reforço no policiamento. A secretaria ressaltou que os organizadores dos eventos de São João têm a obrigação de apresentar Projeto de Segurança contra Incêndio e Pânico ao Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE). 

“Estamos preparados para fazer o retorno do São João, neste ano de 2022, ficar gravado na memória dos pernambucanos como uma festa tão segura quanto alegre. Nosso objetivo, como sempre, é garantir que a população possa comemorar sem se preocupar, podendo circular e se divertir livremente. Com a ajuda das prefeituras e das empresas organizadoras das diversas festas previstas, traçaremos estratégias para alcançar essa meta, como conseguimos no último São João sem as restrições da pandemia. Naquele ano, em 2019, tivemos o segundo mês de junho menos violento de toda a série histórica de homicídios, iniciada em 2004”, afirmou o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Humberto Freire.

Pelo site, os organizadores vão cadastrar dados como local e modalidade do evento, assim como estimativa de público e horários de início e término da festa. Para que possam confirmar o incremento da segurança, também precisam apresentar, ao batalhão da PMPE da área, a autorização da prefeitura local para o evento. Além disso, shows e outras atividades culturais que tiverem público estimado em mais de 1.000 pessoas terão que se adequar à Lei Estadual Nº 14.133/2010, que define regras para grandes eventos em Pernambuco.

Para os eventos que ocorrerão nas sextas, nos sábados e nos dias 23 e 24 de junho (véspera e dia de São João), o aumento de efetivo se dará em horários entre as 10h da manhã e as 2h da manhã. Já nos demais dias da semana, o reforço no policiamento pode ser concedido entre as 10h da manhã e a meia-noite.

ATESTADOS
A secretaria ressaltou que os organizadores dos eventos no período de São João têm a obrigação de apresentar Projeto de Segurança contra Incêndio e Pânico ao Corpo de Bombeiros Militar de Pernambuco (CBMPE). Somente depois disso podem pedir o atestado de regularidade emitido pela corporação, que necessita ser válido até data posterior ao evento. Para tanto, devem acessar o site www.bombeiros.pe.gov.br, na aba “Serviços”.

Outra exigência é que os eventos juninos só podem contratar trios elétricos, carros de som e de apoio que tenham atestado de regularidade. Depois de aprovado do projeto de segurança, os responsáveis têm que protocolar, até 10 dias antes do evento, o pedido de vistoria de regularização, ainda que a instalação não tenha sido executada. Essas vistorias serão realizadas por bombeiros militares com a estrutura (palcos, camarotes, etc.) já montada, em até 24 horas antes de sua utilização.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com a dra. Tamara Cristina, endocrinologista
Refugiados ucranianos no Brasil: mais de 10 mil quilômetros longe de casa
Manhã na Clube: entrevista com Miguel Coelho
Manhã na Clube: entrevista com dr. Antônio Manuel de Almeida Dias, presidente da CESPU Europa
Grupo Diario de Pernambuco