Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

INCÊNDIO

Reunião entre representantes da prefeitura e população do Pina que perdeu moradia no incêndio termina em acordo

Publicado em: 09/05/2022 17:40

 (Moradores da comunidade afetada pelo incêndio saindo da prefeitura após a reunião. Foto: Divulgação. )
Moradores da comunidade afetada pelo incêndio saindo da prefeitura após a reunião. Foto: Divulgação.

Durante a tarde desta segunda-feira (9) a Prefeitura do Recife se reuniu com uma comissão formada por 20 moradores que perderam moradias devido um incêndio no bairro do Pina na última sexta-feira (6). Durante a reunião os líderes da comunidade apresentaram uma série de propostas e a prefeitura garantiu o pagamento do auxílio pecúnia, no valor de R$ 1.500,00, às 141 famílias cadastradas pelo município, em 2021, e que residem no local. Além disso, também será assegurado pagamento do auxílio-moradia, no valor de R$ 200,00, para os mesmos grupos familiares.

Em nota a prefeitura divulgou que para que os pagamentos dos auxílios sejam efetuados e liberados, representantes das secretaria de Governo e Participação Social (Segov) e de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos (SDSJPDDH) vão se reunir com membros da comissão nesta terça-feira (10), às 9h, para checar o cadastramento feito pela comunidade e confrontar as informações com o levantamento promovido pela Prefeitura, no ano passado.

Na reunião também ficou decidido que a Prefeitura do Recife vai garantir a entrega de cestas básicas às famílias diretamente atingidas pelo incêndio e que constam na relação do cadastro municipal.

O grupo de moradores estava à espera dos representantes que participavam da reunião. Eles tinham um protesto marcado para acontecer às 18h caso não houvesse um acordo entre as partes. Após a reunião os moradores foram informados das propostas e do consenso entre eles e o protesto foi cancelado.  “Quinta-feira voltaremos para dizer aquilo que não abrimos mão e que não foi fechado. O valor da indenização, por quanto tempo serão distribuídas as cestas básicas e a quantidade por família. Hoje o dia foi de vitória nossa”, disse uma representante que participou da reunião.

A prefeitura também informou que a gestão municipal vai realizar um mutirão para emissão de documentos, visando atender os moradores afetados.

 

Incêndio

O incêndio aconteceu na tarde da última sexta-feira (6), entre as pontes Agamenon Magalhães e Paulo Guerra, principais ligações entre a Zona Sul e o Centro do Recife. De acordo com os moradores 40 palafitas foram destruídas.

As causas do fogo ainda não foram de divulgadas, mas o caso segue em investigação. Nesta manhã, peritos do Instituto de Criminalística (IC) estiveram na área do incêndio.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Cada vez mais brasileiros procuram a medicina tradicional chinesa
Manhã na Clube: entrevistas com Bruno Rodrigues e Débora Almeida
Grupo Diario de Pernambuco