Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Pernambuco registra suposto caso de hepatite e abre investigação

Publicado em: 10/05/2022 09:27

O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Pernambuco emitiu alerta para que toda a rede de saúde façam notificação em casos suspeitos (Sandro Barros/PMO)
O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Pernambuco emitiu alerta para que toda a rede de saúde façam notificação em casos suspeitos (Sandro Barros/PMO)
Um caso suspeito de hepatite aguda grave de origem desconhecida foi registrado na cidade Toritama, no Agreste Setentrional, na segunda-feira (9). De acordo com a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), trata-se de uma criança de 1 ano, do sexo masculino. O menino foi levado ao Hospital Mestre Vitalino, localizado em Caruaru, no Agreste de Pernambuco, no dia 27 de abril. O paciente, que apresentou quadro de febre, erupções na pele e dor abdominal com hepatomegalia (aumento do fígado), foi acompanhado pela equipe, apresentou melhora clínica e recebeu alta hospitalar na última sexta-feira (6). O caso continua sendo investigado.

Atualmente, o Brasil registra 16 casos, segundo dados do Ministério da Saúde. O estado de São Paulo acumula a maior parte, com seis registros, seguido pelo Rio de Janeiro, com cinco. Depois, aparece o Paraná, com dois casos monitorados. Além de Pernambuco, Espírito Santo e Santa Catarina têm um caso cada.

A SES-PE informou que se reunirá nesta terça-feira (10) com o Ministério da Saúde, para discussão do caso, definição de fluxos e confirmação, ou afastamento, da ocorrência. A investigação do caso ainda segue com exames complementares para investigação laboratorial das hepatites virais, de outros agentes possivelmente relacionados a este tipo de hepatite e a outras doenças. 

O Governo de Pernambuco, por meio da SES-PE, informou que segue monitorando a ocorrência do agravo no Estado. O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Pernambuco (Cievs-PE) já emitiu nota de alerta orientando toda a rede de saúde - unidades públicas e privadas - para que, na observação de casos suspeitos e que atendam às definições, realizem a notificação de imediato.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Cada vez mais brasileiros procuram a medicina tradicional chinesa
Grupo Diario de Pernambuco