Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

ESTRUTURA

Nascedouro de Peixinhos vai acomodar Compaz de Olinda

Publicado em: 03/05/2022 10:45

As prefeituras de Olinda e Recife e o Governo de Pernambuco irão administrar a unidade
 (Divulgação)
As prefeituras de Olinda e Recife e o Governo de Pernambuco irão administrar a unidade (Divulgação)
O prefeito da cidade de Olinda, Professor Lupércio, fará uma vistoria ao Nascedouro de Peixinhos nesta quarta-feira (04), às 10h, para viabilizar o projeto de instalação do Centro Comunitário da Paz (Compaz) no local. Ele estará acompanhado do secretário de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos da cidade, Paulo Roberto Souza e Silva; e do secretário de Segurança Cidadã do Recife, Murilo Cavalcanti, que coordena as ações do Compaz na capital pernambucana. Além deles, também estarão presentes os promotores de Justiça Sérgio Couto e Aline Arroxelas.

O Centro Comunitário da Paz a ser construído em Peixinhos, terá a administração compartilhada entre as prefeituras de Olinda e Recife e o Governo de Pernambuco. A ideia é que 70% das pessoas atendidas no espaço sejam olindenses. A unidade do Compaz irá oferecer à população atividades lúdicas, esportivas, biblioteca, prestação de serviços, entre outros.

Esta visita cumpre a quarta etapa do protocolo para tornar realidade o Compaz no Nascedouro. As três etapas anteriores começaram no mês de março, através de uma reunião com o prefeito e secretariado para apresentação do projeto no município e visitas ao Compaz Eduardo Campos (Alto Santa Terezinha), no Recife. Um projeto executivo será elaborado para avaliação posterior do Governo do Estado.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Grupo Diario de Pernambuco