Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Maio Cinza: HCP faz alerta para o câncer de cérebro

Publicado em: 04/05/2022 16:32

 (Foto: Divulgação.)
Foto: Divulgação.
No mês de maio, o Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) muda de cor em alusão à Campanha Maio Cinza, que busca alertar e conscientizar para o diagnóstico precoce do câncer que atinge o cérebro. A doença é caracterizada por um tumor maligno formado pelo crescimento anormal de células no Sistema Nervoso Central (SNC), podendo ocorrer de forma primária, quando se origina no próprio cérebro, ou de forma metastática, quando o tumor tem origem em outro órgão e se espalha pelo corpo. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), 4% das mortes por câncer estão associadas ao SNC, ficando entre os 10 tipos de câncer que mais matam no mundo. Por não ter formas esclarecidas quanto a prevenção, a detecção precoce é a maneira mais eficiente para conseguir a cura.
Para ter o diagnóstico em fase inicial da doença, é preciso estar atento aos sintomas, que variam de acordo com a localização e extensão do tumor. Os principais sintomas são: dores de cabeça com frequência, tonturas, falta de equilíbrio, lapsos de esquecimento, visão duplicada, alteração na fala e crise convulsiva de início recente, entre outros. “Como são sintomas que podem ser confundidos com outras doenças, é importante ficar atento às alterações no tipo e forma que eles se apresentam. Nas dores de cabeça, por exemplo, se começarem a ocorrer com intensidades diferentes do habitual, já é um alerta para procurar um médico”, orienta o coordenador do Serviço de Oncologia Clínica do HCP, Dr. Ilan Pedrosa.  
Uma vez identificado um ou mais sintomas, a pessoa deve procurar um especialista, podendo ser um clínico geral ou um neurologista clínico que irá solicitar exames para confirmar o tumor, como a tomografia computadorizada e/ou a ressonância magnética. Dr. Ilan Pedrosa salienta que o tratamento ficará sujeito a localização e tamanho do tumor: “Identificado o tumor, o tratamento dependerá do tamanho e localização do câncer, podendo ser a radioterapia, quimioterapia e/ou cirurgia. Importante destacar que a cirurgia é o único tratamento curativo. Se o paciente tiver condições de ser operado, aumenta muito a chance de sobrevivência”, completa.  

Sobre o HCP

O Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP) é uma instituição privada e sem fins lucrativos, que se dedica ao diagnóstico e tratamento de pacientes oncológicos por meio do Sistema único de Saúde – SUS. Por ser uma instituição filantrópica, o HCP conta com doações contínuas de pessoas físicas e jurídicas para manter a qualidade no atendimento aos pacientes. Esses recursos são utilizados no custeio, na modernização do parque tecnológico e nas instalações físicas do hospital. Além disso, são direcionados para complementar o custo do tratamento dos pacientes. Saiba mais no site: www.hcp.org.br.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Cada vez mais brasileiros procuram a medicina tradicional chinesa
Grupo Diario de Pernambuco