Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

EDUCAÇÃO

Escola Mãe Vitória desenvolve projeto inovador na área de robótica em Petrolina

Publicado em: 11/05/2022 17:15

 (Foto: Ayrton Latapiat.)
Foto: Ayrton Latapiat.

Incentivar uma educação multidisciplinar e oferecer na Rede Municipal de Ensino, um conteúdo que vai além do tradicional, é um passo muito importante na construção de uma cidade criativa e inteligente, pois desperta o interesse dos alunos pelo estudo, além de fomentar novos talentos. Dessa forma, a Escola Municipal Mãe Vitória, localizada no bairro Jatobá, implementou este ano, na unidade educacional, o Clube de Robótica. O projeto contempla alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental e envolve a construção de modelos mecânicos e eletrônicos, a exemplo de alicate de ferreiro, guincho com trinco de bloqueio, ponte giratória, asa mecânica, entre outros.

Todos os protótipos desenvolvidos pelos alunos são inspirados nas obras de Leonardo da Vinci, o que reforça a interdisciplinaridade do clube de robótica. O projeto acontece na Escola Mãe Vitória, no contra turno escolar, durante as terças e sextas-feiras e permite que os estudantes interajam e criem outros vínculos com a escola, fortalecendo o senso de pertencimento. De acordo com o professor de ciências, que está à frente do projeto, Vítor Marques, os resultados já são perceptíveis, pois os estudantes têm apresentado grande melhora no comportamento em sala de aula, além de conseguir ter mais atenção e foco nas atividades, responsabilidade com o trabalho coletivo e a socialização dos diferentes conhecimentos.

“Através do Clube de Robótica, queremos estimular a cultura maker na escola, uma vez que os estudantes aprendem diferentes conceitos sobre ciência, matemática, física, além de contribuir para a aprendizagem das diversas disciplinas. Tem sido muito gratificante ver os alunos com os olhos brilhando, após conseguirem montar os modelos, sentirem que são capazes e vê como a iniciação à robótica garante a possibilidade de sonhar em diferentes áreas de atuação profissional. Tudo isso desperta a curiosidade, sendo, muitas vezes, o start para a criança estar mais ligada a essa área no seu futuro”, disse Vítor.

O aluno do 7° ano, Marcos Martins, considera o clube uma excelente oportunidade de aprender ainda mais. “Me motiva bastante o fato de poder trabalhar em equipe e de poder me preparar para o futuro”, ressalta o adolescente. A robótica está presente, atualmente, em 11 escolas da rede municipal, que são equipadas com todo o material necessário para realização das atividades na área. Até agora, a atual gestão já investiu mais de R$ 2 milhões nos laboratórios.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com a dra. Tamara Cristina, endocrinologista
Refugiados ucranianos no Brasil: mais de 10 mil quilômetros longe de casa
Manhã na Clube: entrevista com Miguel Coelho
Manhã na Clube: entrevista com dr. Antônio Manuel de Almeida Dias, presidente da CESPU Europa
Grupo Diario de Pernambuco