Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

ADOÇÃO

Caminhada marca os 25 anos de atuação e luta dos grupos de apoio à adoção em Pernambuco

Publicado em: 18/05/2022 16:35

 O evento realizado no próximo domingo (22) lembra o Dia Nacional da Adoção, comemorado no dia 25 de maio 
 (Crédito: divulgação)
O evento realizado no próximo domingo (22) lembra o Dia Nacional da Adoção, comemorado no dia 25 de maio (Crédito: divulgação)
Os grupos de apoio à adoção de Pernambuco têm muito a celebrar em 2022 e no próximo domingo (22), às 9h, as famílias formadas pela adoção vão tomar a Avenida Boa Viagem, Zona Sul do Recife, para celebrar sua décima caminhada e os 25 anos de luta no estado para que crianças e adolescentes abrigadas possam estar em família. Celebração e luta estão integrados à causa dos grupos de apoio à adoção e este evento simbólico que é caminhada, tem como finalidade trazer luz ao Dia Nacional da Adoção, comemorado dia 25 de maio e promover reflexões sobre o tema.  

Durante o percurso, que vai da pracinha de Boa Viagem até as imediações do Edifício Acaiaca, as famílias vão levar faixas com mensagens que lembram o direito de toda criança e adolescente à uma família, que “Adoção é amor e não caridade” e “Amor não vem de sangue. Ele nasce do afeto”.  

Quem reforça essas afirmações é a psicóloga e vice-presidente do Grupo de Apoio à Adoção do Recife (Gead), Suzana Schettini. “A adoção é uma outra possibilidade de constituição familiar, podendo ser tão gratificante quanto a genética. Se, por um lado, vem atender o desejo de filiação de pessoas que não podem ou não querem gerar as suas crianças, por outro lado, é a única possibilidade para crianças e adolescentes desprovidos do convívio familiar, terem resgatado o seu status de filho. Adotar um filho significa mergulhar num projeto que precisa ser fundamentado no amor incondicional. Na adoção, o filho não vem do corpo, mas precisa ser incorporado afetivamente”, explica.  

Desmistificar a adoção e acabar com determinados preconceitos a respeito da temática são preocupações do pai por adoção e presidente do Gead Recife, o médico Valdemir Rodrigues, que também lembra dos 25 anos de militância do grupo que atua de maneira voluntária. “O Gead Recife completa oficialmente este ano 25 anos de militância na causa da adoção, que significa principalmente respeito, respeito às diferenças, entendo que é nas diferenças que aprendemos e nos completamos enquanto indivíduos. E a caminhada da adoção vem trazer às ruas não só a divulgação da causa da adoção como também um convite a reflexão sobre o exercício do amor.    

O presidente do Gead Recife ainda celebra o retorno da caminha às ruas, após o período crítico da pandemia da Covid-19 e menciona a luta por direitos. “Retornamos este ano a caminhada da Adoção e não apenas pelos direitos das crianças e adolescentes de ter família e convivência familiar, mas também pelo momento ímpar que estamos, em que vemos tanta disseminação da discórdia, da falta de amor, de retrocesso em algumas conquistas de direitos. O mundo falando em guerra, isto nos diz que estar nas ruas falando de adoção e atitude adotiva é também estar dando um grito de alerta para a cultura da paz, da justiça e dos direitos de todos. Vamos estar na avenida coloridos, mostrando que somos diversos e nossas famílias são constituídas por essas diversidades de cor de pele, gênero e religiões, mas formadas, sobretudo, pelo amor”, frisou. 
 
 

A caminhada é aberta ao público e não é necessário se inscrever para participar. 

SERVIÇO: 

10 ª Caminhada Pernambucana de Apoio à Adoção  

Data: domingo, 22 de maio  

Hora: concentração programada para as 9h  

Onde: saída da pracinha de Boa Viagem 

Contatos com a imprensa: Diretoria de Comunicação – Thabata Alves (81) 99733.2299  

Contatos para entrevistas: Valdemir Rodrigues - presidente do Gead Recife (81) 99636.8171/ Suzana Schettini- Psicóloga e Vice-presidente do Gead Recife (81) 99913.3215/ Charles Leite - Pai por adoção e presidente da Apega (81) 99946.1533 

Redes sociais: Instagram: @geadrecife 
 
Facebook: www.facebook.com/geadrecife 

Sobre o Dia Nacional da Adoção 

Neste mês, celebramos no dia 25 de Maio, o Dia Nacional da Adoção de Crianças e Adolescentes, a data foi instituída pela Lei Federal 20.447 de 2002, pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso. Já em Pernambuco, a Lei Estadual 14.349 é datada de 2011 e incluiu no calendário oficial de eventos a Semana Estadual da Adoção, que tem por finalidade a reflexão, a agilização, a comemoração e a realização de campanhas de conscientização, sensibilização e publicização do tema Adoção. 

Sobre o Gead 

O grupo de apoio à adoção é um espaço gestacional para famílias que buscam na adoção a sua possibilidade de exercer a maternidade ou paternidade. O grupo formado por mães, pais e pretendentes à adoção atua de maneira voluntária e presta um serviço imprescindível no preparo psicossocial de adotantes no período do pré-adoção, com reuniões mensais e no apoio e suporte após a chegada dos filhos no pós-adoção, que também ocorre mensalmente. Além do mais, trabalham para dissolver mitos e preconceitos que ainda veiculam na sociedade em relação ao instituto da adoção, apregoando a atitude adotiva como fundamento das relações de convivência. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Última Volta: GP da Grã Bretanha de F1 2022
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Grupo Diario de Pernambuco