Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

RECONHECIMENTO

Secretaria de Saúde do Recife homenageia trabalhadores essenciais da pandemia de covid-19

Publicado em: 28/04/2022 18:04

 (Fotos: Richardson Martins / Secretaria de Saúde do Recife)
Fotos: Richardson Martins / Secretaria de Saúde do Recife

Na tarde desta quinta-feira (28), a Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife promoveu uma homenagem a trabalhadores de serviços essenciais que desenvolveram suas atividades durante a pandemia da covid-19 e não tiveram a possibilidade de realizar trabalho remoto. Com o tema Saúde e Segurança do(a) Trabalhador(a): um olhar para além da pandemia, o evento aconteceu no Auditório Capiba, no edifício-sede da Prefeitura do Recife, e compõe a programação de atividades montada pelo Centro de Referência Regional em Saúde do Trabalhador (Cerest Recife) para celebrar o Abril Verde, movimento que trata sobre a saúde e segurança no ambiente de trabalho.

Entre as categorias homenageadas, estão: Saúde (assistência e vigilância); Limpeza Urbana; Segurança (Guarda Municipal do Recife); Comércio (supermercados e farmácias); bancários; motoristas e entregadores de aplicativo. Os trabalhadores representantes dessas áreas foram agraciados com placas de agradecimento pelos serviços essenciais prestados durante este período delicado que vem sendo a pandemia da covid-19.

"É preciso que a gente pense: quem cuida de quem cuida? A saúde da trabalhadora e do trabalhador não está exclusivamente vinculada à quantidade de equipamentos de proteção individual que cada um usa. Os EPIs são essenciais, mas existem muitas outras pautas que precisam ser resgatadas para falar desse assunto. Por isso, o dia de hoje é um dia importante, de reconhecimento e de conquista, para que possamos discutir esse tema", destaca a vice-prefeita do Recife, Isabella de Roldão.

A covid-19 passou a ser considerada também uma doença ocupacional e com o seu  avanço, desde 2020, os ambientes de trabalho passaram a ser foco de atenção também para questões de risco de contaminação pela doença, uma vez que estão propícios às aglomerações, ao contatos interpessoais e com superfícies e ferramentas de trabalho múltiplas vezes utilizados. Desde agosto de 2020, a Vigilância em Saúde do Trabalhador do Recife vem investigando casos e óbitos de covid-19 que estiveram potencialmente relacionados ao trabalho. Até março de 2022, mais de cinco mil investigações foram realizadas. Desse total, em cerca de 2,2 mil casos foi observada a relação da doença com o trabalho, sendo notificados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) por meio da ficha de Acidente de Trabalho. Os números seriam ainda maiores se não houvesse subnotificação dos acidentes de trabalho.

"Esse é um momento de reconhecimento muito justo por tudo que os trabalhadores e trabalhadoras de serviços essenciais enfrentam no seu dia a dia e, particularmente, durante a pandemia da covid-19. Essas pessoas, especialmente no primeiro ano da pandemia, foram na contramão do "Fique em Casa". Não por uma atitude negacionista, mas por falta de opção. Mesmo sentindo medo, ansiedade, insegurança, receio de morrer e de transmitir a doença para seus familiares, o dever e a responsabilidade de desempenhar a missão de atender a população falou mais alto, dando forças para que o trabalho continuasse", pontua a secretária executiva de Vigilância em Saúde do Recife, Marcella Abath.

 

 

 

 

 

 

 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Última Volta: GP da Espanha 2022 de F1
Antiproibicionismo: Marcha da Maconha por uma nova política de drogas
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Grupo Diario de Pernambuco