Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

AÇÃO

Paudalho amplia Sopa Família e agora atende mais de 3.300 pessoas diariamente

Publicado em: 29/04/2022 13:16 | Atualizado em: 29/04/2022 14:33

O Sopa Família funciona com sede na praça Pedro Coutinho, no centro da cidade (Divulgação)
O Sopa Família funciona com sede na praça Pedro Coutinho, no centro da cidade (Divulgação)
A Prefeitura de Paudalho, na Mata Norte de Pernambuco, ampliou o Programa Sopa Família para 3.325 pessoas. A ação disponibiliza sopa de segunda a sexta-feira atendendo cerca de 786 famílias em vulnerabilidade social no município.
 
"Esse programa é um orgulho. Além de alimentarmos mais de 3.300 pessoas, também disponibilizamos na ação programações com as crianças dessas famílias e os adultos recebem orientações, palestras e oficinas para que possam se emancipar. É uma grande estrutura com uma equipe capacitada. A gente entrega a sopa em um recipiente padronizado. Posso dizer que hoje ninguém passará fome em Paudalho", disse o prefeito da cidade, Marcelo Gouveia.
 
De acordo com o Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19, no Nordeste a fome é uma realidade nos lares de mais de 7,6 milhões de habitantes. 
 
O Programa

O Sopa Família funciona com sede na praça Pedro Coutinho, no centro da cidade. São três sabores fixados: carne, feijão e canja de galinha.
 
Lançado em outubro do ano passado, o programa começou atendendo 2.200 pessoa. O público-alvo são famílias com crianças de dois a 18 anos de idade, idosos a partir dos 60 anos até os 65, gestantes e nutrizes.
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Grupo Diario de Pernambuco