Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

ARTE

Exposição Veneza Teimosa divulga obras de artistas da periferia do Recife; entrada é gratuita

Publicado em: 29/04/2022 10:40

Bubu é grafiteira e mora na comunidade do Bode, localizada no Pina (Divulgação)
Bubu é grafiteira e mora na comunidade do Bode, localizada no Pina (Divulgação)
Entre os dias 29 de abril de nove de maio, a cidade do Recife recebe a exposição "Veneza Teimosa", promovida em parceria com a ONG Paratodos. O lançamento será no Atelier Pangeia, no Bairro do Recife, nesta sexta-feira (29), a partir das 17h. A entrada é gratuita.
 
A exibição coletiva reúne obras de oito artistas periféricos da capital pernambucana, que ganharam o prêmio em residência e mentoria artística -  Veneza Teimosa, realizado em 2021. O prêmio culmina com a exposição de obras que fazem parte do projeto social e cultural que busca, incentiva e promove talentos periféricos a desenvolverem suas expressões culturais.
 
“A ONG Paratodos firmou termo de parceria com a equipe da Veneza Teimosa, na linha de ação Arte Paratodos, com intuito de apoiar artistas de periferia nesse processo  de criação e de ascensão de seus talentos e trajetórias profissionais, explicou a presidente da Paratodos, Marina Maciel.
 
Com foco em artistas periféricos, o Prêmio de Residência e Mentoria Artística Veneza Teimosa lança artistas como Amori, Brenda Bazante, Bubu, Jean Carvalho, Kadu Xukuru, Rayana Rayo, Tereza Pernam e Thais Barreto.
 
Idealizada pelo curador de arte, Aslan Cabral, e pela historiadora da arte, Mônica Bouqvar, as preparações para a Veneza Teimosa iniciaram ainda em 2021, com a seleção de artistas locais para treinamento e incentivo para criação de obras.
 
“Nós fomos os curadores de artistas que estão mais à margem da sociedade. O Prêmio de Arte Contemporânea foi em busca de minorias. Tivemos mais de 100 inscritos, escolhemos oito e destinamos valor para apoiar criações artísticas. Nosso intuito é impulsionar a arte e apoiar pessoas que precisam de incentivo”, explicou Mônica Bouqvar.
 
O título do projeto Veneza Teimosa tem como referência a comparação histórica e controversa entre as cidades de Recife e Veneza, e a Teimosia, elemento fundamental para resistência de levantes culturais e para o enfrentamento de abusos de poder, como no caso da comunidade Brasília Teimosa. “Diversidade, além de um elemento político, também é um conceito artístico. Com efeito, o recorte do programa Veneza Teimosa serve como vetor cultural”, contou Aslan.
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Soldado russo se declara culpado por crime de guerra na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Grupo Diario de Pernambuco