Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

MAIO AMARELO

Ações do Maio Amarelo levam prevenção e educação de trânsito a diversas regiões de Pernambuco

Publicado em: 29/04/2022 14:30

 (Foto: Divulgação. )
Foto: Divulgação.

A programação do Maio Amarelo, mês definido para reforçar a segurança no trânsito, começa neste domingo (dia 1º), no Marco Zero (Bairro do Recife), com atividades promovidas pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PE). Das 9h às 11h, quem circular pela área, vai conhecer o simulador de direção, os óculos que reproduzem condições de embriaguez, como forma de prevenção e conscientização dos condutores. Além das atividades com simuladores, haverá ainda distribuição de coletes refletivos com os ciclistas que passarem pelo local.

 

O simulador estará dentro do Detran Itinerante, caminhão equipado para atendimento externo, que ofereçe ainda a experiência de usar os óculos de realidade virtual, instrumento que leva visualmente o usuário numa jornada que sai de um bar para a estrada, com suas consequências pelo uso de álcool. Parceira na conscientização para um trânsito mais seguro, a TV Globo Recife vai iluminar de amarelo, durante todo o mês de maio, a antena da emissora localizada na sede da TV, na rua da Aurora, Bairro de Santo Amaro – Recife.

O destaque da abertura do Maio Amarelo será o simulador de direção, equipamento que reproduz situações no trânsito em condutores sob efeito de álcool. O aparelho é dotado de volante, pedais, marcha e monitores que mostram a estrada e todo o trajeto do veículo. O aparelho reproduz as situações vivenciadas quando o condutor está sob efeito de álcool. São momentos com visão fora de foco, pouco reflexo e velocidade descontrolada.

Além do simulador, técnicos da Coordenadoria de Educação de Trânsito, Imprensa e Publicidade Institucional do Detran-PE, vão acompanhar pedestres com óculos que tornam o olhar semelhante ao de alguém que ingeriu bebida alcoólica. A experiência mostra visão turva, distorções e perda do equilíbrio. A ideia é conscientizar a população para as consequências do uso do álcool e direção.

Já os ciclistas, serão contemplados com coletes refletivos, peça que permite uma melhor visualização de quem está na bicicleta, permitindo circular com maior segurança nas vias públicas. Haverá ainda distribuição de panfletos com instruções educativas e recomendações de segurança para motoristas, motociclistas, ciclistas e pedestres. Para as atividades no Bairro do Recife, o Detran-PE vai disponibilizar dois caminhões equipados para prestação de serviços à população.

As ações do Maio Amarelo seguem durante todo o mês, levando informações a escolas, hospitais, shoppings e municípios da Região Metropolitana, Agreste e Sertão. Este ano, a campanha tem como tema “Juntos Salvamos Vidas”. Para o diretor presidente do Detran-PE em exercício, Gustavo Carneiro Leão, as atividades “incrementam e fortalecem as medidas de segurança, fornecendo condições para melhorar o trânsito e salvar vidas”.

Na abertura, o Detran-PE contará com a parceria da Operação Lei Seca (OLS), Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Disnove, Honda, Associação Brasileira de Psicologia de Tráfego (Abrapsit), Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV), Batalhão de Policiamento de Trânsito (BPTran), Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) e Polícia Rodoviária Federal. 

 

Maio Amarelo

Conforme informações do site Maio Amarelo, o movimento foi criado com a finalidade de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, com ações conjuntas entre o Poder Público e a sociedade civil. Para isso, a discussão é focada no tema segurança viária, com mobilização de toda a sociedade, envolvendo órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para engajamento nas ações e propagação do conhecimento.

Em 11 de maio de 2011, a ONU decretou a Década de Ação para Segurança no Trânsito. Com isso, o mês de maio se tornou referência mundial para balanço das ações em todo o mundo. Estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde) contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas.

Os números também indicaram que três mil vidas são perdidas por dia nas estradas e ruas, nona maior causa de mortes no mundo. Os acidentes de trânsito aparecem como o primeiro responsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade; o segundo, na faixa de 5 a 14 anos; e o terceiro, na faixa de 30 a 44 anos. Se nada for feito, a OMS estima que 2,4 milhões de pessoas devem morrer no trânsito em 2030.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
WIDGET PACK - Sistema de comentários
Manhã na Clube: entrevista com Maria Zilá Passo, advogada especialista em direito da saúde
Fechamento de escolas durante pandemia pode gerar prejuízos por décadas no Brasil
Cada vez mais brasileiros procuram a medicina tradicional chinesa
Manhã na Clube: entrevistas com Bruno Rodrigues e Débora Almeida
Grupo Diario de Pernambuco