Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

COVID

Volta às aulas terá protocolo de prevenção à Covid e possibilidade de ensino remoto

Publicado em: 26/01/2022 18:35 | Atualizado em: 26/01/2022 21:12

 (Foto: Sandy James/Esp. DP. )
Foto: Sandy James/Esp. DP.

As escolas da rede pública e particular de educação básica de Pernambuco se preparam para a retomada das aulas neste início do ano letivo de 2022. Nas escolas privadas, o retorno se dá no dia 1 de fevereiro. Já na rede estadual, o início das aulas está agendado para o dia 3 de fevereiro. Seguindo os mesmos moldes do ano letivo de 2021, a recomendação da Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco, é que as aulas em todo o estado sigam sendo oferecidas no modelo presencial, admitindo o remoto. 

Neste momento, a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE/PE) reforça a necessidade das escolas permanecerem cumprindo os protocolos de biossegurança contra a Covid-19. As unidades de ensino devem continuar atentas e vigilantes às medidas de proteção e prevenção com água e sabão para higienização das mãos, dispenser com álcool em gel 70% e uso obrigatório de máscara para todos no ambiente escolar.

“O retorno presencial é importante e, por isso, reforçamos o cumprimento dos protocolos. Nós tivemos quase dois anos de muitos desafios para a educação e diversos estudos nacionais e internacionais apontam o impacto da pandemia na aprendizagem, além dos problemas psicossociais dos nossos estudantes. Então, este retorno é necessário e a escola é um ambiente seguro, desde que cumpridos os protocolos”, afirma o Secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Marcelo Barros.

É importante que as escolas também orientem os pais e responsáveis para que os estudantes que apresentarem sintomas gripais fiquem em casa e busquem orientação médica. Havendo o teste positivo para Covid-19, deve-se informar à instituição de ensino e o estudante deve se manter em quarentena para evitar a proliferação do vírus.

Quanto ao retorno dos estudantes e profissionais de educação que testaram positivo para Covid-19, serão adotadas as orientações do Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19, que prevê 10 dias de afastamento para casos sintomáticos e 7 dias para os assintomáticos.

Ressaltamos que a Secretaria Estadual de Educação e Esportes está em constante diálogo com a Secretaria Estadual de Saúde acompanhando os números da pandemia no Estado e anunciando, sempre que necessário, novas medidas.

 

Vacinação
A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco acompanha diariamente junto com a Secretaria de Saúde do Estado o ritmo de vacinação dos estudantes em todo o Estado. Neste sentido, é importante que as instituições de ensino promovam campanhas e ações de sensibilização com pais e responsáveis no tocante à importância da vacinação para os estudantes e do respeito ao protocolo setorial e demais orientações do Comitê Estadual de Enfrentamento à Covid-19.

“As escolas têm um papel de sensibilização e de orientação dos estudantes, pais e responsáveis. Temos a consciência de que a vacina é a nossa principal arma de combate a pandemia. Então, a escola precisa ser um ambiente de orientação e de esclarecimento sobre a importância da vacinação”, ressalta o secretário Marcelo Barros.

A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco (SEE/PE) não exige a apresentação do comprovante de vacinação de Covid-19 para os estudantes para acesso e permanência na instituição de ensino.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Para OMS, varíola do macaco ainda pode ser contida
Manhã na Clube: Henrique Queiroz Filho (PP), Edno Melo (Republicanos) e André Morais (CORECON-PE)
Soldado russo condenado à prisão perpétua por matar civil na Ucrânia
Manhã na Clube: entrevista com o Deputado Federal Carlos Veras (PT)
Grupo Diario de Pernambuco