Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

SUPERAÇÃO E EMPREENDIMENTO

Vendedor de sorvete no bairro do Recife faz o possível para driblar a pandemia

Publicado em: 11/01/2022 15:58

 (%u201CSorvetinho%u201D, como é conhecido, chegou a desistir do negócio e retomou a pedido de clientes. Foto: Surama Negromonte. )
%u201CSorvetinho%u201D, como é conhecido, chegou a desistir do negócio e retomou a pedido de clientes. Foto: Surama Negromonte.
Nas imediações da Praça do Arsenal da Marinha, no Bairro do Recife, está João Manoel Leite, mais conhecido como “sorvetinho”, (quase) todos os dias com a sua food bike vendendo sorvetes e brownies de sabores variados. A insistência para sobreviver à pandemia da Covid-19 é uma característica desse empreendedor, de 30 anos, que está no mercado há sete anos.

João já pensou em desistir do negócio por conta da pandemia, mas a clientela, segundo ele, o incentiva a continuar. “A pandemia afetou demais o meu negócio e acredito que o de muita gente. Chegou um momento que pensei até em desistir, na verdade eu tinha desistido, mas alguns clientes me ligavam perguntando se eu ia voltar e que estavam com saudades do sorvete, aí fiz um empréstimo e voltei aos negócios”, conta. 

“Trabalho próximo à praça do Arsenal. Após o almoço, já fico esperando o sorvetinho. Gostoso, barato, aceita cartão e pix”, afirmou a designer Rafaela Quintino. O sorvete e o brownie custam 3,50.  

Relatando uma pequena melhora nas vendas com uma média de mil produtos vendidos mensalmente, João agora tem uma dor de cabeça:  três guarda-sóis quebrados. Ele conta que além de protege-lo do sol durante o percurso que faz da Joana Bezerra, onde mora, até o Bairro do Recife – que dura em média 40 minutos – o sombreiro chama a atenção dos clientes. “É como se tivesse faltando um pedaço do negócio. Muita gente me ver de longe e protege também o cliente do sol e chuva. Como tenho três quebrados, penso em reformar, mas, no momento não tenho dinheiro”. Segundo ele, o orçamento mais em conta da reforma de cada guarda-sol ficou em R$ 140 reais.

São quase 20 sabores de sorvetes e brownies feitos por João que aperfeiçoou as receitas das sobremesas após a realização de um curso no Senac. Os sabores mais pedidos são brownie, ninho com nutella, magnum, bem-casado, ovo maltine e brigadeiro. “Acrescentei um toque de amor e, graças a Deus, é um sucesso”, conclui João.   
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Supervacinada: Rafaela inaugura a fase da imunização de crianças contra a Covid no Recife
ONG acusa Bolsonaro de ameaçar a democracia no Brasil
Primeiro lote de vacinas pediátricas chega ao Brasil
Manhã na Clube: entrevista com a psicóloga Renata Sales
Grupo Diario de Pernambuco