Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

MEIO AMBIENTE

Tartarugas marinhas iniciam período de desova no litoral do Cabo

Publicado em: 13/01/2022 15:31

 (Foto: Secretaria de Comunicação Social do Cabo de Santo Agostinho/Divulgação.)
Foto: Secretaria de Comunicação Social do Cabo de Santo Agostinho/Divulgação.

Nessa quarta-feira (12), foi registrada a primeira desova de tartaruga marinha no litoral cabense em 2022. Os eventos de posturas estão sendo acompanhados pela Prefeitura do Cabo de Santo Agostinho, através da Secretaria Executiva de Meio Ambiente. O ninho, localizado na praia de Enseadas dos Corais, foi identificado e isolado, visando a proteção dos ovos ao longo do seu período de incubação até o nascimento dos filhotes.

 

Esses animais marinhos costumam realizar suas desovas ao anoitecer, quando a areia se encontra fria. Seus ninhos são preparados por suas nadadeiras e acolhem cerca de 120 ovos, que têm um período de incubação entre 45 e 60 dias. Após isto, os filhotes rompem os ovos e seguem até o mar.

 

No litoral da cabense já foram registradas as aparições das espécies tartaruga-cabeçuda, tartaruga-verde e tartaruga-de-pente. Em 2019, 493 filhotes nasceram nas praias do Cabo. Estima-se que apenas de uma a duas tartarugas a cada 1.000 nascidas conseguem atingir a idade adulta, por conta disso o cuidado especial com essas espécies é de fundamental importância para a sua sobrevivência, uma vez que as cinco espécies encontradas no Brasil já estão ameaçadas de extinção.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Morre Olavo de Carvalho, considerado guru do bolsonarismo
Manhã na Clube: entrevistas com André de Paula (PSD), Eduardo Cavalcanti e Epitacio Rolim
OMS: é possível encerrar fase aguda da pandemia este ano
Manhã na Clube: entrevistas com Carlos Veras (PT), Frederico Menezes e Marlon Malassa
Grupo Diario de Pernambuco