Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

SOCIAL

Projeto Renascimento da Criança Interior leva autoconhecimento a partir da arte

Publicado em: 14/01/2022 20:05

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Intitulado "Renascimento da Criança Interior”, o projeto que busca despertar a possibilidade de trabalhar o autoconhecimento através da arte, iniciou suas atividades neste ano. A proposta consiste em uma série de 12 atendimentos anuais, sendo um por mês, podendo ser realizado de maneira presencial ou remota.
 
A iniciativa surgiu a partir do desdobramento do processo pessoal como oraculista e artista de Mayra Melo, que em 2017 criou imagens com o objetivo de acessar e transcender as próprias narrativas. “Até hoje, elas me ajudam a perceber onde eu ainda permito, que minha história seja narrada a partir de um ponto de vista que não, seja o meu”, descreve a artista. De acordo com ela, ao propor que os integrantes façam representações artísticas de si mesmos, e de suas figuras parentais, a atividade encoraja os participantes a perceber sua história de vida como uma narrativa. “Tornando possível a percepção de que, ao assumir o protagonismo da própria vida, eles podem passar a escrever a própria história”, detalha.
 
Mayra aponta como o autoconhecimento agrega e reflete de forma positiva na identidade, e no entendimento da vida, pois a história que contamos sobre nós mesmos é muito poderosa, já que a arte pode de fato funcionar como uma ferramenta oracular, por permitir que nós tenhamos um vislumbre de tudo o que nós podemos ser. “Entender que essa história já começa a mudar a partir do momento em que nós mudamos a forma de vê-la, traz a consciência de que é possível escolher novos caminhos afetivos, profissionais, de saúde. É lógico que existe um contexto social que dificulta o acesso desses caminhos para várias pessoas, mas eu acredito que grandes mudanças coletivas só são possíveis quando nos responsabilizamos primeiro pela nossa mudança individual.”
 
Além de atender o público em geral, o Renascimento da Criança Interior também fará o atendimento direcionado a grupos sociais, como a população LGBTQIAP+, pessoas com deficiência e pessoas não-brancas, com valores acessíveis. “Acredito que ver a própria história como uma narrativa possível de ser reescrita beneficia diretamente todas as pessoas cuja história pessoal e familiar leva a crer que certos caminhos e desfechos são inevitáveis. Isso é especialmente importante no caso de quem faz parte de grupos socialmente vulneráveis, já que a pessoa pode acabar assumindo a falta de perspectiva como parte intrínseca de sua identidade”, afirma Mayra.
 
O Renascimento da Criança Interior é desenvolvido com base em etapas com objetivos específicos: a leitura de tarot, o cruzamento entre informações do mapa astral e os prescritos florais. “Na primeira sessão, nós fazemos uma leitura de tarot para contextualizar a relação atual do participante com a sua criança interior. Também consultamos seu mapa astral, em busca das informações que certos planetas e posicionamentos que têm relação direta com a família (como o Sol, a Lua, as casas 4 e 10) podem acrescentar. A partir da segunda sessão, a ideia é que ele produza um diário gráfico desse processo. Ao final de cada sessão, serão prescritas fórmulas florais (dos sistemas Bach e Califórnia) para apoiar o processo do participante”, comenta a oraculista.
 
A inscrição para participar do Renascimento da Criança Interior é realizada pelo email: luaesoltarot@gmail.com. Na modalidade individual, a duração do atendimento é de 1h e o início é imediato, após o cadastro. Na categoria em grupo, a duração do atendimento é de 3h e começam assim que formam uma turma de cinco inscritos. A quantidade de vagas é limitada. Os atendimentos presenciais serão realizados na Casa Lua, na Rua Marquês de Tamandaré, nº 203, no bairro Poço da Panela. Já os online acontecem pela plataforma Zoom.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Zuri: 11 anos, multiinstrumentista, compositor e prodígio da música faz campanha para comprar violão
Bolsonaro cancela visita à Guiana devido à morte de sua mãe
Manhã na Clube: entrevista com Padre Arlindo
Ômicron começa a recuar nos Estados Unidos
Grupo Diario de Pernambuco