Diario de Pernambuco
Busca

COINFECÇÃO

Pernambuco registra mais de 6 mil casos de Influenza, sendo 31 com coinfecção para a Covid-19

Publicado em: 06/01/2022 13:09

Do total de casos de influenza A (H3N2), 31 positivaram tanto para esse vírus quanto para o da Covid-19, sem nenhum óbito ocorrido até o momento. (Divulgação)
Do total de casos de influenza A (H3N2), 31 positivaram tanto para esse vírus quanto para o da Covid-19, sem nenhum óbito ocorrido até o momento. (Divulgação)
Mais de 6 mil casos de Influenza A, com 31 positivados também para o da Covid-19 foram anunciadas durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (6), pelo secretário estadual de Saúde, André Longo. Desde 2021, até a última terça-feira (4), foram registrados 6.392 casos de influenza A em Pernambuco, com 38 óbitos. Apenas nesta nova rodada de análises feita pelo Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE) foram obtidas 1.139 amostras laboratoriais positivas, sendo 8 novos óbitos. Dos 6.392 casos, 6.327 são de influenza A (H3N2) e 65 influenza A não subtipada. Do total de registros, até o momento, 516 (8,1%) apresentaram Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Do total de casos de influenza A (H3N2), 31 positivaram tanto para esse vírus quanto para o da Covid-19, sem nenhum óbito ocorrido. 

Ao todo, 38 óbitos, sendo 15 masculinos e 23 femininos, foram confirmados para a influenza A (H3N2). Os pacientes eram residentes do Recife (23), Palmares (3), Ipojuca (2), Jaboatão dos Guararapes (2), São Lourenço da Mata (2), Escada (1), Goiana (1), Olinda (1), Sirinhaém (1), Timbaúba (1) e Tracunhaém (1).

As idades dos pacientes variam entre 1 e 92 anos. As faixas etárias são: 1 a 9 (1), 10 a 19 (1), 20 a 29 (1), 30 a 39 (4), 40 a 49 (2), 50 a 59 (6) e 60 e mais (23). Os pacientes apresentavam comorbidades e possuíam fatores de risco para complicação por influenza, como diabetes, doença cardiovascular, doença renal crônica, cardiovasculopatias, hipertensão arterial e sobrepeso.

COINFECÇÃO
Do total de casos de influenza A (H3N2), 31 positivaram tanto para esse vírus quanto para o da Covid-19, sem nenhum óbito ocorrido. Desse total, apenas um caso de coinfecção evoluiu para um quadro de síndrome respiratória aguda grave (Srag). Trata-se de um homem de 77 anos, do município de Vitória de Santo Antão, que teve o início dos sintomas na segunda quinzena de dezembro de 2021.

Os casos de coinfecção, 17 em pessoas do sexo masculino e 14 do feminino, são dos municípios de Abreu e Lima (1), Caruaru (4), Cupira (1), Igarassu (1), Jaboatão dos Guararapes (4), Paulista (1), Recife (16), Salgueiro (2) e Vitória de Santo Antão (1). As faixas etárias são: 0 a 9 (1), 10 a 19 (2), 20 a 29 (8), 30 a 39 (9), 40 a 49 (3), 50 a 59 (3) e 60 e mais (5).

"Apesar de terem criado agora até um nome para a coinfecção de Covid e influenza, nós sabemos que isto não é algo novo. Os primeiros registros se deram com a introdução da própria Covid-19 ainda em 2020, com notificação de casos em diversos lugares. Como ficamos por um longo tempo sem nenhuma circulação do vírus da influenza, isto ficou até esquecido, mas agora, com esta forte aceleração da contaminação, estamos vendo novos casos. Não há indício, porém, que a coinfecção aumente a gravidade dos casos, porque, ao contrário do que se faz sugerir por vezes, não há um duplo efeito", disse o secretário André Longo.

VACINAÇÃO
O secretário estadual de Saúde também reforçou, ao longo da coletiva de imprensa realizada nessa quinta, a importância da vacinação e da testagem contra a Covid-19 para o enfrentamento da pandemia. “Precisamos sempre reforçar a necessidade da vacinação contra a Covid-19, especialmente a dose de reforço. Este aumento nos casos de influenza só nos revela e ratifica a importância da imunização. Apesar de estarmos falando menos dela, a Covid-19 ainda é uma grave ameaça, principalmente com o risco de introdução da variante Ômicron. E a forma mais eficaz e segura de se proteger é com a vacina”, disse.

Para os casos suspeitos e confirmados, Longo destacou a testagem e o isolamento domiciliar. “Se tiver qualquer sintoma gripal, mesmo que leve, ou tiver tido contato com alguém com estes sintomas, procure se testar e, independente do resultado do exame, faça o autoisolamento até o desaparecimento dos sintomas”, pontuou.

A Secretaria Estadual de Saúde reforça, ainda, a importância dos cuidados essenciais: uso correto de máscara, cobrindo boca e nariz; higienização das mãos com água e sabão (ou álcool gel) e evitar as aglomerações, especialmente em ambientes fechados.
TAGS: covid-19 | a | para | coinfecção | com | 31 | sendo | influenza, | de | casos | mil | 6 | de | mais | registra | pernambuco |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

Prefeitura do Recife reúne conscientização e serviços na Semana Municipal da Pessoa com Deficiência

19/08/2022 às 13h29

Recife terá mais de 180 pontos de imunização abertos para Dia D de Multivacinação e Poliomielite neste sábado (20)

19/08/2022 às 13h26

Instituto Travessia promove empoderamento feminino capacitando mulheres no Cabo de Santo Agostinho

19/08/2022 às 12h45

Jaboatão terá 78 pontos de vacinação no Dia D de Multivacinação

19/08/2022 às 12h40

Colégio Salesiano Recife lança edital para Bolsas Filantrópicas em 2023

19/08/2022 às 12h27

Governo de Pernambuco desapropria terras do Engenho Roncadorzinho, em Barreiros, onde menino foi morto e líder rural foi baleado

19/08/2022 às 12h11

Olinda participa do Dia D da Campanha de multivacinação e atualização de caderneta

19/08/2022 às 11h29

SOS Mãos realiza mutirão de cirurgias gratuitas em crianças e adolescentes em vulnerabilidade social

19/08/2022 às 10h42

Os bancários cobram a reposição da inflação (INPC) mais 5% de ganho real, aumento maior para os vales refeição e alimentação e a garantia de todos os direitos da Convenção Coletiva de Trabalho.

Em campanha nacional, bancários realizam paralisações relâmpago para pressionar Fenaban nesta sexta-feira (19)

19/08/2022 às 10h26

De acordo com a Lei Eleitoral (9.504/97), não é permitida a colocação de material de propaganda de qualquer natureza em árvores e jardins localizados em áreas públicas, bem como em muros, cercas e tapumes divisórios.

TRE-PE recolhe 50 bases de bandeiras eleitorais no Recife

19/08/2022 às 09h29

Quatro novos caso de varíola dos macacos são confirmados, em Pernambuco

18/08/2022 às 19h49

Prefeitura, Nações Unidas e ICLEI assinam carta de intenção para avançar na construção de resiliência climática e prevenção de desastres no Recife

18/08/2022 às 18h30

Auxílio Paulista sai nesta sexta-feira (19)

18/08/2022 às 18h07

MPPE promove II Encontro de Segurança Pública, em Triunfo

18/08/2022 às 17h26

Araçoiaba promove festival cana-de-açucar

18/08/2022 às 17h23

Duelo de MCs seleciona neste sábado representante pernambucano para a disputa nacional

18/08/2022 às 17h20

Dia D para imunização de crianças e adolescentes é neste sábado (20/08)

18/08/2022 às 17h18

Igarassu divulga programação de shows da festa de Nossa Senhora da Glória

18/08/2022 às 17h01