Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

VACINAÇÃO INFANTIL

Fim de semana no Recife foi de criança vacinada com orgulho e recreação

Publicado em: 16/01/2022 13:33 | Atualizado em: 16/01/2022 14:17

 (Após se vacinar, garotada no Recife recebe um certificado de "criança supervacinada" e tem momento de recreação. Foto: Rafael Vieira. )
Após se vacinar, garotada no Recife recebe um certificado de "criança supervacinada" e tem momento de recreação. Foto: Rafael Vieira.
A tão aguardada vez das crianças de 5 a 11 anos se imunizarem contra a Covid-19 finalmente chegou na cidade do Recife neste fim de semana (15 e 16). Com o agendamento já disponível no site Conecta Recife, a vacinação começa a partir das 7h30 e segue até às 18h30. 

 (Foto: Rafael Vieira. )
Foto: Rafael Vieira.

No ponto de vacinação do Sest Senat, na Avenida Beberibe, o esquema foi todo planejado para estimular o público infantil a ter vontade de se imunizar. Após passarem pela triagem de documentação e agendamento, as crianças são encaminhadas para tomar sua dose da vacina e, logo em seguida, recebem um certificado de "criança supervacinada", com a ilustração do MC Gotinha e uma mensagem por um mundo livre do vírus.

 (Foto: Rafael Vieira.)
Foto: Rafael Vieira.

Na sequência, é hora de diversão e interação, com 20 minutos de pula pula cama elástica, desenhos e outras atividades com a recreadora. Esse tempo é dado também para que os enfermeiros possam estarr observando no caso de a criança apresentar algum tipo de reação à vacina. 

 (Foto: Rafael Vieira. )
Foto: Rafael Vieira.

Guilherme Eduardo, de 6 anos, chegou cedo para se vacinar no domingo de manhã, acompanhado pelo seu pai e por sua avó. Apesar do medo da seringa, apertou bem a mão do pai e encarou a agulha. "Tô feliz porque agora tô protegido contra esse coronavírus e vou poder brincar muito mais", falou satisfeito.

Eduardo Luiz de Moura, seu pai, também revelou a alegria com esse momento. "Ele gosta muito de brincar na rua e a gente sentia receio por ele não ter se vacinado ainda, sentia que ele estava desprotegido. Agora eu tenho o alívio de saber que ele está protegido", disse. "Ele queria muito se vacinar, todos os dias perguntava quando ia chegar sua vez, já que viu todo mundo na família tomar a dose. Chorou só quando viu a agulha, mas depois ficou satisfeito porque sabe da importância que é ficar imunizado", completou.

 (Foto: Rafael Vieira. )
Foto: Rafael Vieira.

O mesmo sentimento teve Cecília Ribeiro, mãe de Francisco, de 8 anos, que tomou a vacina logo em seguida e demonstrou mais segurança do que a própria mãe estava esperando. "Estava muito ansiosa pra chegar esse momento. A gente mostrou várias imagens de crianças sendo vacinadas, do zé gotinha e explicamos sempre a ele o quão importante é evitar ficar doente. Fiquei até surpresa com ele ter se comportado tão bem, porque não costuma ser assim. Geralmente é preciso até que segurem firme. Mas, dessa vez, de tanto ouvir as histórias da gravidade da situação, ele já veio bem preparado", falou. 

Cecília ainda citou que, com seu filho, a conscientização sobre o perigo de pegar Covid-19 estava até no brincar: "Ele é tão consciente com relação à pandemia que até nas brincadeiras o vilão ou bandido era sempre o coronavírus. Vê-lo se vacinar é um alívio sem tamanho".

 (Foto: Rafael Vieira. )
Foto: Rafael Vieira.
 
Com o certificado em mãos e a satisfação pela brincadeira, cada criança recebe ainda um livro de brinde e é liberada, agradecendo aos enfermeiros e recreadores e empunhando a carteirinha de vacinação com orgulho. 

Além do Sest Senat, há também o ponto da Unicap e da UFPE, sempre mediante agendamento no Conecta Recife.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Última Volta: GP da Espanha 2022 de F1
Antiproibicionismo: Marcha da Maconha por uma nova política de drogas
Manhã na Clube: entrevista com Raquel Lyra (PSDB)
Casamento de Lula e Janja: celulares barrados na entrada
Grupo Diario de Pernambuco