Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

SEGURANÇA PÚBLICA

Policiais civis de Pernambuco deflagram Estado de Greve

Publicado em: 30/12/2021 08:41 | Atualizado em: 30/12/2021 17:24

Decisão ocorre após policiais civis de Pernambuco avaliaram o teor do que foi tratado com o Governo de Pernambuco. (Sinpol-PE/Divulgação)
Decisão ocorre após policiais civis de Pernambuco avaliaram o teor do que foi tratado com o Governo de Pernambuco. (Sinpol-PE/Divulgação)
Os policiais civis estão em estado de greve, anunciou o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol-PE), nesta quinta-feira (30). A decisão ocorreu após Assembleia Geral realizada, na noite de quarta-feira (29), no bairro de Santo Amaro, Recife. A categoria avaliou que não houve proposta concreta por parte do governo estadual com relação ao reajuste salarial. Nesta sexta-feira (31), os policiais farão um ato na Orla de Boa Viagem, onde serão cravadas cruzes na areia da praia simbolizando os homicídios e os policias que morrerem esse ano.

“Não vamos parar enquanto não houver uma valorização justa e condizente com nossas reais funções, pois valorizando o Policial Civil está se investindo na Segurança Pública do nosso Estado. A categoria não aguenta mais esperar. Não vamos aceitar mais nenhum tipo de postergação por parte do Governo, um desrespeito com esses trabalhadores da base da Polícia Civil. Estamos unidos, do Litoral ao Sertão, e vamos endurecer o movimento, pois não dá mais para esperar", enfatizou o presidente do Sinpol-PE, Rafael Cavalcanti. A decisão ocorreu após analise da proposta apresentada pelo Governo de PE, na manhã de ontem na Secretaria de Defesa Social.

Além do Estado de Greve, os policiais deliberaram ainda um calendário de protestos em todas as regiões de Pernambuco, já a partir desta sexta-feira (31), começando pelo Recife. Segundo o Sinpol-PE, o primeiro protesto será na praia de Boa Viagem, onde os policiais civis vão cravar cruzes na areia da praia simbolizando os homicídios em Pernambuco e os policias que morrerem esse ano por conta da falta de estrutura de trabalho.

A categoria deliberou ainda a divulgação em massa nos meios de comunicação, por todo o estado, sobre os problemas da segurança pública, "com o objetivo de esclarecer à população os porquês dos índices de violência tão alarmantes."
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Bolsonaro cancela visita à Guiana devido à morte de sua mãe
Manhã na Clube: entrevista com Padre Arlindo
Ômicron começa a recuar nos Estados Unidos
Manhã na Clube: entrevista com Paulo Pimentel, advogado tributarista e professor da ITS EDU
Grupo Diario de Pernambuco