Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

POLÍCIA CIVIL

'Ou o Governo apresenta uma proposta concreta ou vamos endurecer o movimento', diz presidente do Sindicato dos policiais

Publicado em: 29/12/2021 11:58 | Atualizado em: 29/12/2021 12:19

O Sindicato dos Policiais de Pernambuco realiza assembleia geral nesta quarta, e analisa em conjunto a proposta apresentada pelo Governo de Pernambuco. (Sinpol-PE/Divulgação)
O Sindicato dos Policiais de Pernambuco realiza assembleia geral nesta quarta, e analisa em conjunto a proposta apresentada pelo Governo de Pernambuco. (Sinpol-PE/Divulgação)
Os policiais civis de Pernambuco discutem, em assembleia geral nesta quarta-feira (29), sobre a valorização salarial da categoria, a melhoria nas condições de trabalho e infraestrutura nas delegacias de todo o Estado, e o aprimoramento das escalas de trabalho. De acordo com o Sindicato dos Policiais dos Policiais Civis (Sinpol-PE), na noite de hoje serão discutidas propostas apresentadas pelo Governo de Pernambuco. Em nota enviada ao Diario, a Secretaria de Defesa Social (SDS) explicou que vem realizando reuniões com o Sindicato, para discutir as questões da categoria e que “mantêm um canal permanente de diálogo com todas as representações de servidores”.

“Não vamos aceitar mais nenhum tipo de postergação, ou o governo apresenta uma proposta concreta ou vamos endurecer o movimento, não dá mais para esperar. Por isso que precisamos decidir, juntos, porque quem decide é a categoria", enfatizou o presidente Sinpol-PE, Rafael Cavalcanti. A assembleia geral ocorre a partir das 18h, na Sede do sindicato, no bairro de Santo Amaro, Área Central do Recife, e analisa a proposta apresentada pelo Governo de PE, na manhã de hoje na SDS.

Entre as reivindicações dos policiais que foram apresentadas durante as negociações com os representantes da Secretaria de Administração (SAD) e da SDS este ano, estão a valorização salarial e funcional do Policial Civil de Base, a melhoria nas condições de trabalho e nas delegacias de todo o Estado, aprimoramento das escalas de trabalho e o fim da clandestinidade funcional.

Este ano, o secretário Humberto Freire recebeu, em seu gabinete, o presidente e diretores do sindicato em três ocasiões. Em outras quatro, esteve reunido com a SAD para estudo de projetos e propostas para os policiais civis, científicos, militares e bombeiros militares, informou a SDS.

“É imprescindível a presença massiva da Categoria nesta assembleia para que possamos decidir, juntos, os rumos do nosso futuro. Se iremos aceitar a proposta, ou se continuaremos o movimento. A nossa disposição é a mesma. Não vamos parar enquanto não houver uma valorização justa e condizente com nossas reais funções, pois valorizando o Policial Civil está se investindo na Segurança Pública do nosso Estado”, complementa o presidente do Sinpol-PE.

Em nota, a Secretaria de Defesa Social informou que vem realizando reuniões com a diretoria do Sinpol para discutir sobre as condições de trabalho, investimentos em infraestrutura, equipamentos, novos concursos e ganhos salariais para a categoria.

“A SDS e o Governo de Pernambuco como um todo mantêm um canal permanente de diálogo com todas as representações se servidores no Estado para busca de benefícios que impactem na carreira dos servidores e na prestação de serviço à população. Em 2021, a Polícia Civil recebeu importantes investimentos em sua infraestrutura e aquisição de equipamentos. Para o ano que vem, novos delegados e servidores serão incorporados, melhorando as condições de trabalho”, diz um trecho da nota.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Dorgivânia Arraes (CRC-PE) e Fabi Soares, consultora de RH
Manhã na Clube: entrevistas com Augusto Coutinho (Solidariedade) e o psicólogo Carol Costa Júnior
Morre Olavo de Carvalho, considerado guru do bolsonarismo
Manhã na Clube: entrevistas com André de Paula (PSD), Eduardo Cavalcanti e Epitacio Rolim
Grupo Diario de Pernambuco