Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

BALANÇO

Operação Lei Seca completa 10 anos de atuação e aborda mais de 3 milhões de condutores

Publicado em: 03/12/2021 09:10

 (Divulgação)
Divulgação
A Operação Lei Seca (OLS) em Pernambuco completa, neste mês, uma década de atuação junto aos motoristas pernambucanos sob a coordenação da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) e a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE). No período, a OLS abordou 3.243.128 motoristas e as infrações por alcoolemia correspondem a 1,8% do total das checagens realizadas no Estado, totalizando nesse período 58.269 autuações. Nestes casos, as infrações somam os motoristas que se recusaram a realizar o teste do etilômetro; os condutores que fizeram o teste sendo constatado algum índice de álcool consumido pelo motorista; e ainda os crimes de trânsito por embriaguez ao volante, quando a concentração de álcool é superior a 0,33, ou, igual ou superior a 0,34 miligramas de álcool por litro de ar alveolar, conforme define o Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

"Sabemos que o enfrentamento aos acidentes de trânsito é considerado um problema de saúde pública e o quanto é perigosa a combinação entre álcool e volante. Podemos dizer que, ao longo destes dez anos, a missão da Operação Lei Seca em Pernambuco tem sido, acima de tudo, promover uma mudança de cultura e de hábitos com relação ao comportamento das pessoas no trânsito. É dever de todos garantir a segurança e preservar a vida. Obviamente que não queríamos ter números de infrações por alcoolemia, no entanto, em uma análise histórica, percebemos que as autuações desde 2012 se mantêm em níveis baixos, não ultrapassando 3,5% do total de abordagens a cada ano. Em 2021, uma década após a criação da Lei Seca, segundo projeção realizada pela Secretaria de Defesa Social, temos a estimativa de mais de 13 mil de vidas salvas em Pernambuco", afirma o coordenador da OLS em Pernambuco, Felipe Gondim.

Das 58.269 autuações por alcoolemia, 77% delas ocorreram por recusas ao teste do etilômetro, o que corresponde a 45.047 condutores. Outros, 11.179 motoristas foram autuados por constatação e 2.043 por crime de embriaguez, que representam 3,5% em relação às infrações. Nos dez anos, 59.811 motoristas tiveram sua Carteira Nacional de Habilitação recolhida.

Com foco na prevenção e no enfrentamento aos acidentes de transporte terrestre, trazendo a educação e a orientação aos condutores como um eixo principal - com a atuação das equipes educativas - além da fiscalização diária e permanente realizada por nove equipes em todo o Estado, a OLS preparou uma programação especial para comemorar os dez anos.

Programação
Na próxima terça-feira (7), as equipes irão realizar uma ação solidária na Fundação Hemope. Um grupo formado por mais de 80 pessoas, entre militares da PM, agentes do Detran-PE e técnicos da SES-PE, devem realizar a doação de sangue no Hemocentro do Recife, no bairro das Graças. "Estamos nos unindo, neste final de ano, à missão do Hemope de também salvar vidas. Sabemos que fim de ano aumenta a necessidade de doadores por conta das datas comemorativas, por isso, escolhemos contribuir para aumentar os estoques. Um ato voluntário pode ser decisivo na vida das pessoas", comenta Gondim.

Já no sábado (11), a OLS irá promover uma blitz educativa, a partir das 14h, no bairro do Pina, com a participação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) do Recife, Corpo de Bombeiros e Departamento de Estradas de Rodagem (DER-PE). A ação é para dar visibilidade e alertar sobre cuidados ao dirigir. Além da participação de arte educadores, haverá entrega de material informativo.

Na quinta-feira (18), ocorre uma mobilização social em parceria com o Rotary Club do Recife e redes de supermercado. Com o mote "Uma dose a menos, um quilo a mais", as pessoas poderão contribuir com a campanha de arrecadação de alimentos, que serão entregues ao Abrigo Cristo Redentor, que assiste idosos em situação de vulnerabilidade social. "Essa ação é muito importante nesse momento de pandemia que estamos atravessando, onde muitos precisam de um gesto de solidariedade", afirma Felipe Gondim.
TAGS: condutores | de | milhões | 3 | de | mais | aborda | e | atuação | de | anos | 10 | completa | seca | lei | operação |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Zuri: 11 anos, multiinstrumentista, compositor e prodígio da música faz campanha para comprar violão
Bolsonaro cancela visita à Guiana devido à morte de sua mãe
Manhã na Clube: entrevista com Padre Arlindo
Ômicron começa a recuar nos Estados Unidos
Grupo Diario de Pernambuco