Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

AÇÃO

Comunidade Obra de Maria recebe 45 toneladas de alimentos em dezembro

Publicado em: 30/12/2021 13:31

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Desde a comemoração do aniversário de 32 anos, com eventos no Blue Angel Recepções e Geraldão, com a presença do padre Fábio de Melo, a comunidade Obra de Maria vem recebendo generosas doações. De acordo com Gilberto Barbosa, fundador da Obra, ao todo, cerca de 45 toneladas de alimentos já foram recebidos de apoiadores, o que possibilitou a doação de 1.500 cestas básicas no período do Natal para a população socialmente vulnerável de Recife e Região Metropolitana, além de em algumas cidades do interior, onde há filiais da Obra de Maria. Outras instituições parceiras da Obra de Maria, como associações de moradores e igrejas, também estão sendo beneficiadas.

Durante o evento de aniversário da Obra de Maria no Geraldão, apoiadores da comunidade fizeram grandes contribuições: a Kicaldo doou 3 toneladas de alimentos e, o Novo Atacarejo, 2 mil cestas básicas. Depois do evento, a Obra já recebeu mais 7 toneladas de arroz, 30 toneladas de frango e mais 3 toneladas de alimentos, totalizando aproximadamente 45 mil toneladas apenas em dezembro. “Deus é fiel o tempo todo. E o evangelho é vida: quanto mais se doa, mais se ganha”, comentou Gilberto Barbosa, fundador da Obra de Maria.

As doações são essenciais para a continuidade e missão da Obra de Maria, que, além de ajudar nas comunidades do Recife, está presente, ao todo,  em 41 países, ajudando a população mais vulnerável socialmente, principalmente nas áreas periféricas e rurais de cada e país onde a Obra de Maria atua, com forte presença na África.

A Obra de Maria faz doações durante o ano todo, mas, principalmente no período de Natal e Ano Novo, busca ser mais generosa, e, para isso, o apoio dos benfeitores é essencial. “As pessoas ficam esperando que o Papai Noel visite elas nessa época e a forma dele fazer isso é com a generosidade daqueles que têm pouco, dar um pouco do que têm, e os que têm muito, dar muito do que têm. Com certeza ninguém nunca ficará pobre por ajudar os mais necessitados. Deus promete dar cem vezes mais e retribui nossa generosidade”, comentou Gilberto Barbosa.

Os interessados em ajudar as obras sociais da Obra de Maria com doações podem doar a quantia desejada para a seguinte conta:

Conta - Eis Aí tua Mãe 
Banco do Brasil
CNPJ 15.273.795/0001-89
Ag. 8240-6
Conta 319-0

DOAÇÃO PARA CAUSA DE DOM HÉLDER CÂMARA

Além das doações recebidas no Geraldão, a Obra de Maria teve um saldo de arrecadação positivo no jantar musical beneficente com o padre Fábio de Melo, realizado no Blue Angel Recepções, na Madalena, no dia 18 de dezembro. Cerca de R$ 234 mil foram arrecadados entre arrecadação com ingressos, leilão de artigos religiosos e doação via portal solidário. O valor foi repassado à Arquidiocese de Olinda e Recife para bancar os custos administrativos da causa da beatificação de Dom Hélder Câmara.

SOBRE A OBRA DE MARIA

 A Comunidade Católica Obra de Maria tem sede na cidade de São Lourenço da Mata, em Pernambuco. Antes, a comunidade resumia-se em sete adolescentes que reformaram uma casa no bairro da Várzea, no Recife, onde foi a primeira sede, e tinham como supervisores Gilberto Barbosa e Maria Salomé, respectivamente fundador e co-fundadora.
 
A Comunidade começou como grupo de orações e aos poucos foi evoluindo. Gilberto Barbosa foi o responsável por idealizar o futuro da Obra que funcionaria através de missionários, levando ensinamentos e evangelizando pelo mundo. O encontro de Maria Salomé com Gilberto Barbosa ocorreu em meados de 1989, e a parceria para a fundação da Comunidade Católica aconteceu um ano depois, começando com um grupo de sete pessoas e aos poucos evoluindo, até chegar aos números de agora, pouco mais de 4 missionários no mundo todo.
 
A Obra de Maria surgiu como uma união dos seguidores de Jesus e Maria, na tentativa de que seus princípios fossem disseminados como lições religiosas dadas através da oratória em grupos onde não houvesse a oportunidade do aprendizado carismático - pequenas cidades, creches, orfanatos, internatos, cursos e locais de assistência a dependentes químicos e refugiados. Hoje, a Comunidade atrai missionários e devotos de Maria do mundo todo, que se sensibilizam com o carisma, ajudando a fraternidade como podem.
 
Hoje, a Obra de Maria é uma das comunidades católicas com maior prestígio e tem como base as grandes atribuições de Maria, mãe de Jesus. Esta, considerada como a maior referência feminina no catolicismo, mãe de todos, exemplo de fé, amor e devoção. Por sua grandiosidade, Maria também pode ser chamada por diversos títulos, como: Virgem Maria ou Santa Maria. Ao todo são mais de mil títulos, distribuídos por cidades distintas do mundo. Graças ao trabalho dos missionários e união dos fundadores, a Obra de Maria é reconhecida em diversos países, inclusive pelo Vaticano, onde vive o principal representante da Igreja Católica, o Papa.
 
32 ANOS DA OBRA DE MARIA
 
A Obra de Maria celebrou seus 32 anos em 2021 nos dias 18 e 19 de dezembro, com eventos com a presença do padre Fábio de Melo. As comemorações começaram no sábado, 18 de dezembro, com show do Padre Fábio de Melo, no Blue Angel Recepções, na Madalena, em jantar beneficente em prol da causa de beatificação de Dom Helder Câmara e ações sociais da Obra de Maria. No domingo (19), o padre Fábio se juntou a outros grandes nomes da música católica no Geraldão, na Imbiribeira, como Nando Cordel, Fred e Márcio Pacheco, Dunga e os padres João Carlos, Damião. Com tema “Se Creres, verás a Glória de Deus”, o evento teve o intuito de arrecadar fundos para a missão da Obra de Maria na África.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Zuri: 11 anos, multiinstrumentista, compositor e prodígio da música faz campanha para comprar violão
Bolsonaro cancela visita à Guiana devido à morte de sua mãe
Manhã na Clube: entrevista com Padre Arlindo
Ômicron começa a recuar nos Estados Unidos
Grupo Diario de Pernambuco