Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

MEIO AMBIENTE

Projeto Toyota APA Costa dos Corais comemora 10 anos

Publicado em: 23/11/2021 16:47

 (Foto: Divulgação.)
Foto: Divulgação.
A Fundação Toyota do Brasil celebra os 10 anos do Projeto Toyota APA Costa dos Corais (APACC). Alinhada ao ODS 14 - Vida na Água, um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis (ODS) da ONU, a iniciativa atua na conservação e sustentabilidade da Área de Proteção Ambiental (APA) Costa dos Corais, criada para preservar os recifes de corais, proteger as áreas de manguezais, preservar o habitat e os ecossistemas associados ao peixe-boi-marinho - um dos mamíferos aquáticos mais ameaçados do Brasil -, bem como toda flora e fauna, a educação e a cultura local.

Desenvolvido sob três pilares, o trabalho da APACC inclui apoio à Gestão Ambiental, ao Plano de Manejo e um Fundo de Investimento, que visa garantir a perpetuidade e a sustentabilidade da APA. Desde 2011, a Fundação Toyota do Brasil faz aportes anuais para o crescimento constante dos recursos. "O fundo de investimento tem a missão de contribuir com a manutenção das atividades da APA dos Corais nos próximos anos. Além dele, oferecemos também uma mentoria para nossos parceiros, para garantir a sustentabilidade dessas instituições que atuam na região", explica Viviane Mansi, presidente da Fundação Toyota do Brasil. "Estamos falando aqui da maior APA marinha do Brasil. Unimos todos os esforços para alcançar uma atuação bem ampla na região. Hoje o projeto abrange a proteção dos corais, dos manguezais, da fauna, da cultura, do turismo e, claro, a conscientização da população local e dos visitantes", completa.

Durante essa primeira década de atuação, o APACC já conscientizou mais de 68 mil pessoas dos 12 municípios do litoral de Alagoas e Pernambuco que fazem parte da APACC sobre o uso ordenado da região. O projeto contabilizou mais de mil atendimentos a encalhes de espécies e reintroduziu 18 peixes-boi à natureza.

O projeto também já apoiou nove iniciativas de organizações presentes na região. Foram realizados estudos científicos, suporte logístico e de infraestrutura para fiscalização, monitoramentos das ações de conservação, campanhas de educação ambiental e a promoção de negócios que conciliam a sustentabilidade e a geração de renda nas comunidades locais.  “A parceria foi fundamental para alavancar as ações socioambientais na região, além de valorizar as organizações locais e fortalecer esses atores no território”, diz Camila Keiko Takahashi, coordenadora de projetos da Fundação SOS Mata Atlântica.

Outra ação importante foi a implementação de dois Planos de Manejo pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão ambiental do governo brasileiro. "A parceria entre ICMBio Costa dos Corais e a Fundação Toyota - SOS Mata Atlântica, foi essencial para que pudéssemos planejar, construir e colocar em prática as ações estratégicas e operacionais contidas no Plano de Manejo. Além disso, a parceria surge e se estabelece como  uma fonte de recurso vital para que serviços, como manutenção de equipamentos e de estruturas, sejam mantidos no NGI Costa dos Corais”, pontua Vinicius Cavichioli Rodrigues, Gestor do Núcleo de Gestão Integrada Costa dos Corais. Nessa vertente, a APACC auxiliou na manutenção das bases operacionais, de veículos, de equipamentos de fiscalização e de barcos, além de produzir 100 pesquisas científicas. Atuou também na estruturação do turismo de baixo impacto e na ampliação das áreas de exclusão de pesca, a partir da identificação das Zonas de Preservação Total, onde a prática é proibida.

Com os Planos de Manejo, a APACC passou a ter investimento em infraestrutura e gestão. Hoje já existem três bases equipadas e funcionais, com alojamento para pesquisadores, 3 recintos de peixes-boi, um centro náutico e capacitação para mergulho, mediação, entre outros cursos. Os planos atuaram também na perspectiva de uso público com a definição dos zoneamentos locais, foram realizadas pesquisas e monitoramento na região, atuaram na gestão socioambiental e no manejo da biodiversidade.

Entre uma série de resultados, o projeto formou dois mil agentes ambientais, capacitou 205 condutores de visitantes, promoveu três expedições para o monitoramento de peixe-boi e contabilizou oito Zonas de Preservação. No total, foram mais de 5,5 mil hectares protegidos. Um plano de fiscalização foi criado e mais de 1,3 mil ações nesse sentido foram realizadas, chegando a ser referência em ações de fiscalização conjunta com a Marinha, o Ministério Público Federal e a Polícia Federal.

Sobre a Fundação Toyota do Brasil

Há 12 anos, a Fundação Toyota do Brasil foi criada para atuar na conservação do meio ambiente e na formação de cidadãos. 

No Pantanal, além do Projeto Arara Azul, que tirou a espécie da lista brasileira de animais ameaçados de extinção, a Fundação Toyota do Brasil patrocina, desde 2011, a iniciativa Expedição Pantanal. No mesmo ano, a entidade deu início ao Toyota APA Costa dos Corais, em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), do governo federal. 

No Sudeste, a entidade desenvolve o Águas da Mantiqueira, uma pesquisa de conservação da biodiversidade como foco no uso ordenado de bacias hidrográficas da Serra da Mantiqueira. Em 2020, o Vou de Canoa, ação de educação ambiental com jovens de Niterói, foi o responsável pela estreia da instituição no estado do Rio de Janeiro. E em Sorocaba e Indaiatuba, o ReTornar nasceu a partir da necessidade de dar novos destinos à resíduos, além de gerar impacto social e econômico positivo na comunidade. A ação utiliza o conceito do upcycling: reduzindo, reutilizando, recuperando e reciclando com criatividade.

Para incentivar a diversidade, a Fundação Toyota apoia o projeto Mulheres na Conservação, que dá visibilidade a pesquisadoras na área da ciência. 

Em 2021, a Fundação Toyota deu início ao patrocínio do STEM Brasil com o objetivo de capacitar professores nas áreas de física, química, biologia e matemática na região Norte do país.

Para mais informações, visite o site da Fundação Toyota do Brasil na internet www.fundacaotoyotadobrasil.org.br ou acompanhe os canais da Fundação nas redes sociais. 

TAGS: anos | 10 | toyota | projeto | corais | costa | ambiente | meio |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Pessoas que já tiveram covid podem adoecer novamente devido à ômicron
Reino Unido aprova mais um medicamento contra Covid-19
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Alepe
Grupo Diario de Pernambuco