Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

ESTRUTURA

Cehab emite novo laudo técnico estrutural do Mercado de Itapissuma

Publicado em: 24/11/2021 10:15 | Atualizado em: 24/11/2021 10:39

 (Foto: Cehab/Divulgação)
Foto: Cehab/Divulgação
A Companhia Estadual de Habitação e Obras (Cehab) emitiu um novo laudo técnico conclusivo da estrutura do Mercado de Artesanato de Itapissuma. Em nota, a decisão divulgada na manhã desta quarta-feira (24), libera a rua José Gonçalves, na lateral do mercado, após os reparos das avarias provocadas pelo incêndio que atingiu o local no dia 13 de outubro.

No laudo técnico anterior, a Companhia havia liberado, no dia 6 de novembro, o funcionamento dos boxes do Polo da Caldeira, instalados na outra lateral do mercado. 

Relembre 
Um incêndio de grandes proporções destruiu o Mercado do Artesanto de Itapissuma, na Região Metropolitana do Recife, e também atingiu estabelecimento comerciais próximos, no dia 13 de outubro. Não houve mortos nem feridos, mas cerca de 60 comerciantes perderam tudo, apenas nas dependências do mercado, que foi inaugurado a menos de dois anos, em dezembro de 2019. 

O fogo, que começou no fim da manhã, atingiu o centro comercial, situado na Rua Dr. José Gonçalves, além do bar Pub Praça do Vinil. As chamas também comprometeram outros pontos, com menos gravidade, como a tradicional Caldeirada de Itapissuma. 

O Corpo de Bombeiros informou que enviou cinco viaturas ao local, sendo três de combate ao incêndio, uma de comando operacional e a outra de resgate, que não foi utilizada por não haver vítimas.  

Em nota, o prefeito de Itapissuma, Zé de Irmã Teca (PSD), se comprometeu a reconstruir o Mercado e de prestar apoio financeiro e assistencial a quem se prejudicou com as chamas. "Foram momentos de angústia. Mas dos males, o menor. Não houve nenhum incidente com pessoas, nem feridos ou machucados, apenas prejuízo material. A Prefeitura vai dar todo apoio financeiro e assistencial no que for preciso neste momento", disse o prefeito. 

Um pedido de apoio foi enviado aos governos do estado e federal com objetivo de acionar projetos de leis emergenciais de suporte aos trabalhadores do mercado. A área está interditada por risco de desabamento, a pedido da Secretaria Municipal de Obras. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT/PE), Almir Mattias e Renata Berenguer
Laboratório anuncia teste para diferenciar o coronavírus da gripe A e B
Manhã na Clube: entrevistas com Alberto Feitosa (PSC), Márcia Horowitz e Andreia Rodrigues
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Grupo Diario de Pernambuco