Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

ALTA MÉDICA

'Vida que segue', diz rapaz que teve braço amputado após acidente em ônibus

Publicado em: 27/10/2021 12:16

 (Foto: Arquivo pessoal)
Foto: Arquivo pessoal
O estudante Ewerson Pedro Ferreira da Silva, de 16 anos, recebeu alta médica após mais de um mês internado no Hospital da Restauração (HR), no Centro do Recife. O jovem de 16 anos teve o braço direito amputado após acidente em ônibus que fazia a linha Pau Amarelo/Centro, operado pela empresa Conorte. De acordo com o pai do adolescente,  o instrutor de autoescola Ewerton Ferreira, quando ocorreu o acontecimento, seu filho estava tirando um cochilo com o braço apoiado na janela.

Internado desde o dia 24 de setembro, Ewerson seguiu nos cuidados com a saúde no HR entre permanência Unidade de Terapia Intensiva (UTI), cirurgias e tratamento de hemodiálise. Agora, após ser liberado na última terça-feira (26), o rapaz está debilitado, mas confessa estar muito confiante na recuperação e que o momento é de "vida que segue". 

O pai do adolescente relata ainda que toda a família está muito feliz com a volta de Ewerson para casa e que há uma união em prol do auxílio em sua recuperação. O jovem cursa o primeiro ano do ensino médio, juntamente com o curso técnico de Multimídia, oferecido pela Escola Técnica Estadual Ginásio Pernambucano, localizada no bairro de Santo Amaro, próxima ao Porto Digital, no Centro do Recife.

Entenda o caso

O jovem sofreu uma amputação no dia 24 de setembro na linha Pau Amarelo/Centro, após o braço direito chocar-se com um poste da via próximo ao Convento de Santa Tereza, no bairro do Varadouro, em Olinda. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) fez os primeiros socorros no local e constatou que o adolescente sofreu uma amputação traumática e, em seguida, foi encaminhado para o Hospital da Restauração (HR), no Recife. 

Ainda na sexta, o adolescente passou por mais de seis horas de cirurgia onde foi realizado o reimplante para revascularização e correção das fraturas no braço do paciente. No dia 25 de setembro o rapaz passou pelo processo de retirada do membro.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Pessoas que já tiveram covid podem adoecer novamente devido à ômicron
Reino Unido aprova mais um medicamento contra Covid-19
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Alepe
Grupo Diario de Pernambuco