Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

PANDEMIA

Dos 402 casos de Covid-19 registrados em Pernambuco, 18 são graves

Publicado em: 07/10/2021 18:28

 (Foto: Divulgação )
Foto: Divulgação
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quinta-feira (7), 402 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 18 (4,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 384 (95,5%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 623.144 casos confirmados da doença, sendo 54.124 graves e 569.020 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 560.822 pacientes recuperados da doença. Destes, 33.083 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 527.739 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 12 vidas perdidas (8 masculinos e 4 femininos), ocorridos entre os dias 16/12/2020 e 05/10/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Carnaubeira da Pena (1), Garanhuns (2), Jaboatão dos Guararapes (1), Moreno (1), Recife (4), Rio Formoso (1), Taquaritinga do Norte (1) e Timbaúba (1). Com isso, o Estado totaliza 19.817 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 40 e 92 anos. As faixas etárias são: 40 a 49 (3), 50 a 59 (1), 60 a 69 (2), 70 a 79 (1) e 80 e mais (5). Desse total, nove tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (8), diabetes (5), doença respiratória (2), hipertensão (2), obesidade (1), doença de Alzheimer (1) e imunossupressão (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Dois não tinham comorbidades e um segue em investigação.  

Dados epidemiológicos
Reflexo do avanço da vacinação no Estado, o cenário epidemiológico da Covid-19 em Pernambuco apresenta uma tendência sustentada de redução em todos os indicadores. Na Semana Epidemiológica (SE) 39, que compreende o período entre 26/09 e 02/10, foram registrados 426 casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag), o que representa uma queda de 13% em relação à SE 38 (19 a 25/09) e de 17% em comparação à SE 37 (12 a 18/09). Além disso, a taxa de positividade geral (número de testes positivos em relação ao total de exames realizados) permanece baixa, oscilando entre 7 e 6% há 6 semanas seguidas.

Já em relação às solicitações de vagas de UTI, a Central Estadual de Regulação Hospitalar voltou a registrar queda expressiva no indicador. No total, foram 247 solicitações na Semana Epidemiológica 39 – uma redução de 12% em relação à semana 38. “Reforço que, para evitarmos um novo repique na doença, e para mantermos esta tendência de queda, só há um caminho possível: o engajamento de todos para o avanço da vacinação, e da vacinação com ciclo completo”, salientou André Longo.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Uso de máscara em locais abertos deixa de ser obrigatório no Rio
Manhã na Clube: entrevistas com o vereador Romero Jatobá (PSB), dr. Sérgio Paulo e Jaqueline Araújo
CPI aprova relatório que pede indiciamento de Bolsonaro
Manhã na Clube: entrevistas com Raul Henry, Gustavo Frigieiri e Vânia Besse
Grupo Diario de Pernambuco