Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

PERNAMBUCO

Gilberto Sobral fará parte da Secretaria de Cultura do Recife

Publicado em: 03/09/2021 22:00

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Gilberto Sobral, que exercia o cargo de Assistente Técnico na Secretaria de Cultura do Recife, agora vai assumir a Secretaria Executiva de Articulação. Função a qual foi nomeado na última quarta-feira (1º).

Além de radialista, Gilberto Sobral é pedagogo e especialista em Gestão Educacional, pedagogia empresarial, Gestão Estratégica de Pessoas em Ambientes de Mudanças e Auditoria dos Sistemas Públicos e Privados de Saúde.
Foi coordenador de atividades culturais do colégio Dom Bosco de Olinda, entre 1990 e 1996.

Em 2001 e 2002, foi Diretor de Cultura de Olinda e coordenou o carnaval nesse período, além de implantar diversos projetos, a exemplo do Olinda Arte em Toda Parte. Entre 2005 e 2006, foi Secretário de Governo, Administração e Planejamento em Sairé, em seguida assumindo a função de Assessor técnico de Cultura na Prefeitura de Camaragibe, onde assumiu a Secretaria de Comunicação por 2 anos. Em 2017 e 2018, foi o Secretário de Patrimônio e Cultura de Olinda, quando mais uma vez coordenou os dois carnavais. Em curto espaço na SEPAC, reabriu o Clube Atlântico,  entregou o Teatro do Bonsucesso, iniciou as obras (já concluídas) de restauro das Bicas de Olinda e da Igreja do Bonfim, entre muitas ações que marcaram os seus 16 meses de gestão.

Em janeiro de 2020, passou a integrar a equipe da Prefeitura do Recife,  assumindo uma coordenadoria na Secretaria de Governo e Participação Social.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco