Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

POLÍTICA PÚBLICA

Estudantes começam a receber absorventes íntimos distribuídos pela Prefeitura de Olinda

Publicado em: 27/09/2021 14:42

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Rayna Marinho, de 14 anos, recebeu, nesta segunda-feira (27), absorvente íntimo distribuído gratuitamente pela Prefeitura de Olinda. Ela é estudante do 9º ano da Escola Sagrado Coração, no Amaro Branco, e é uma das 6 mil estudantes da rede que estão sendo beneficiadas pelo projeto idealizado pelo prefeito, Professor Lupércio. A política pública vem no sentido de combater a pobreza menstrual, reforçando o compromisso da atual gestão de investir em ações em prol da população mais necessitada.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) explica que a pobreza menstrual é caracterizada pela falta de acesso a recursos, infraestrutura e até conhecimento por parte de pessoas que menstruam para cuidados envolvendo a própria menstruação.

Rayna Marinho foi a primeira a chegar. “Muita gente não tem condição de comprar e é um gasto que a gente tem todo mês. Vai ajudar muito”, afirmou a estudante.

De acordo com estimativa da Organização das Nações Unidas (ONU), uma entre dez meninas no mundo tem a vida escolar impactada pela falta de acesso a itens como absorventes, tampões íntimos e coletores menstruais.

Todas as estudantes da rede municipal que fizerem uso do item de higiene serão atendidas pela Secretaria de Educação, Esportes e Juventude de Olinda. São cerca de 6 mil adolescentes, de 10 a 16 anos. A distribuição, iniciada nesta segunda, continuará durante a semana até atender todas as 64 unidades que possuem adolescentes que façam uso.

A secretária executiva de Programas e Políticas Educacionais, Edilene Soares, explicou que para receber o material ou informação sobre o prazo da entrega, a estudante matriculada na rede deve procurar a instituição de ensino. “É um projeto muito importante para todas elas. Esse olhar para o social, esse cuidado próximo, vai potencializar o aprendizado e tornar o nosso cuidado ainda mais efetivo, dentro e fora da sala de aula”, afirmou. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Teresa Leitão (PT), Fernandes Arteiro e José Teles
CPI da Pandemia recomenda indiciamento de Bolsonaro
Manhã na Clube: entrevistas com Sileno Guedes e com a nutricionista Joyce Alencastro
CPI da Pandemia chega ao final com homenagens às vítimas da Covid
Grupo Diario de Pernambuco