Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

FISCALIZAÇÃO

Procon-PE interdita seis bares do Recife no final de semana

Publicado em: 02/08/2021 08:34

Seis bares receberam interdição do órgão por descumprimento das medidas de proteção contra a Covid-19.
 (Procon-PE/Divulgação)
Seis bares receberam interdição do órgão por descumprimento das medidas de proteção contra a Covid-19. (Procon-PE/Divulgação)
O Procon Pernambuco interditou seis estabelecimentos neste último final de semana, após realizarem vistorias em bares e restaurantes pela Região Metropolitana do Recife. As equipes estiveram nos bairros de Tamarineira, Espinheiro, Ipsep, Madalena, Caxangá e Graças, todos na Capital pernambucana. Do início do ano até o momento, 1.562 estabelecimentos foram fiscalizados. Dentro desse número, 371 receberam auto de constatação e 96 foram interditados.

“Continuamos intensificando nossas vistorias ao cumprimento das medidas de proteção. Mas é preciso que toda a população tenha consciência do momento em que vivemos. Cumprir com o que o decreto diz não é só para se proteger da Covid-19, é para preservação da vida”, alerta o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico. Toda a ação de fiscalização aconteceu em conjunto com a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros.

Neste final de semana (30 e 31/07 e 01/08), as fiscalizações ao cumprimento ao decreto vigente do Governo do Estado, equipes do Procon Pernambuco realizaram vistorias em bares e restaurantes. Na sexta-feira (30), o Procon-PE autuou três bares, sendo um com interdição. Os estabelecimentos Faaca Boteco Parrilla e Costela do Matuto Prime; ambos localizados na Tamarineira, foram autuados por funcionamento após o horário permitido. Já o Empório Sertanejo, no bairro do Espinheiro, foi autuado e interditado, por tempo indeterminado, por estarem com aglomeração nas mesas e por não cumprirem o distanciamento entre elas. No local, havia três mesas com mais de dez pessoas comemorando o jogo de futebol em pé.

No sábado (31), cincos estabelecimentos foram interditados. O Luciano Bar, situado no Ipsep, foi autuado e interditado por aglomeração. O bar estava lotado tanto na área interna como na externa. De imediato os clientes foram dispensados pela Polícia Militar, e o bar recebeu a faixa de interdição. Na Várzea, o Espetinho de André Gusmão e o bar Amor Líquido, foram interditados por funcionamento após o horário permitido.

Ainda no sábado, o bar Amada Lena, no bairro da Madalena, foi interditado por falta de distanciamento entre as mesas e por terem consumidores circulando no ambiente sem fazer o uso da máscara. Na Caxangá, a Casa do Espetinho foi interditada por causar aglomeração. No bar, mais de 200 consumidores foram constatados pelos fiscais. Muitos no local não faziam o uso da máscara, nem muito menos praticavam o distanciamento social.

Nesse domingo (1º de agosto), a Pizzaria Atlântico, nas Graças, responderá administrativamente ao Órgão de Defesa do Consumidor por não cumprimento do distanciamento social entre as pessoas, mesas e cadeiras. 
TAGS: semana | de | final | neste | recife | no | bares | seis | interdita | procon-pe |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Combate à gordofobia vira lei no Recife
Medicamento contra Covid-19 é recomendado pela OMS
Manhã na Clube: José Queiroz (PDT), Kleiton Boschi, Clarissa de França e Cristina Pires
Skate feminino decola no Brasil após Olimpíadas
Grupo Diario de Pernambuco