Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

IMUNIZAÇÃO

Camaragibe vacina mais de 11 mil pessoas em 12 horas

Publicado em: 27/08/2021 08:02 | Atualizado em: 27/08/2021 09:47

 (Foto: Prefeitura de Camaragibe/Divulgação)
Foto: Prefeitura de Camaragibe/Divulgação

A Prefeitura de Camaragibe vacinou, na quinta-feira (26), 11.007 pessoas. A imunização aconteceu em um período de 12 horas, na ação “Intensivão da Vacina” que ocorreu no horário das 8h às 20h, em todas as 45 unidades básicas de saúde e nos três centros de Covid-19 da cidade. O evento vacinou pessoas com idade a partir dos 18 anos sem necessidade de agendamento; além de jovens entre 12 e 17 anos com alguma comorbidade.

O secretário municipal de Saúde, Antônio Amato, explicou que a meta era vacinar cerca de dez mil pessoas.“Nós não só batemos essa meta, como passamos dos 11 mil imunizados. Abrimos nossas 45 unidades de saúde durante todo o dia, disponibilizando para a população doses do imunizante. É extremamente importante que os moradores tenham acesso à imunização e depois permaneçam com os cuidados básicos preventivos", afirmou.

 
A vacinação segue normalmente, hoje (27), no modelo de agendamento prévio. Os munícipes que já são cadastrados em uma das 45 unidades básicas de saúde do município só precisam aguardar o contato das equipes do Programa Municipal de Imunização para realizar o agendamento. Os moradores não cadastrados na rede municipal de saúde precisam fazer o cadastro por meio do Disque Vacina nos números (81) 9 9945-4405 e 2129-9570, das 8h às 17h, ou acessar o site https://vacinacovid.camaragibe.pe.gov.br. 

 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco