Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

PÚBLICO

Recife Antigo tem tarde com movimentação intensa neste domingo

Publicado em: 04/07/2021 19:06

Feira de artesanato da Rua do Bom Jesus registrou grande número de frequentadores. (Foto: Rômulo Chico/Esp DP Foto)
Feira de artesanato da Rua do Bom Jesus registrou grande número de frequentadores. (Foto: Rômulo Chico/Esp DP Foto)
Na segunda semana seguida de flexibilização das atividades econômicas, o Recife Antigo registrou uma tarde de movimentação intensa neste domingo (4). Locais como a feira da Rua do Bom Jesus e o Cais do Sertão, no Marco Zero, estavam cheios de frequentadores, principalmente jovens. Muitos deles, entretanto, não usavam a máscara de maneira correta. Alguns estabelecimentos como bares e restaurantes também não respeitavam as normas de distanciamento social.

A quantidade de gente chegava até assustar quem estava por lá. Foi o caso dos noivos Leandro Nunes e Anabelly Brederode, ambos professores. “Fazia meses que a gente não saía, mas aqui a gente está desconfortável. A gente sabe que está se arriscando, mas o emocional começa a cansar”, explica Anabelly. “Eu não estou me sentindo segura porque ainda falta muita gente ser vacinada. Acho um pouco cedo para flexiblizar”, completa.

Outros que resolveram aproveitar a tarde após um longo período em casa foram o professor Danilo Fernandes e a esposa, a bancária Luana Marinho, junto com o filho, Daniel. O casal teve Covid-19 há um mês. “É a primeira vez que a gente sai de casa desde janeiro. Depois que peguei Covid eu tive alguns problemas e meu psicólogo recomendou que a gente saísse um pouco, mas não tínhamos noção de que tinha tanta gente”, afirmou Danilo. 

Na Rua do Bom Jesus, o aumento no número de clientes foi bastante comemorado pelos vendedores da tradicional feira de artesanato do local. “O movimento foi bem maior. Logo cedo foi lento, mas agora as pessoas ‘saíram da toca’”, conta o comerciante Natanael Severino. Ele também diz que o movimento está melhorando. “Tenho observado uma melhora gradual, mas espero que as pessoas se conscientizem e saiam protegidas de casa”, diz.

A comerciante Marian Silva aponta que o dia sem chuva ajudou. “A dificuldade da semana passada foi a chuva, mas hoje está bastante movimentado, até com alguns turistas”, declarou. Marian ainda faz questão de deixar um aviso pedindo o uso da máscara bem à mostra na barraca. “A gente tem que contribuir de alguma maneira”, finaliza.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Terceira dose de vacina anticovid começa a ser aplicada em Israel para aumentar imunidade
Manhã na Clube: entrevistas com coronel Luiz Meira (PTB), Regina Sales e Maria Dulce
Manhã na Clube: entrevistas com José Maria Eymael, Rodrigo Floro e Chico Kiko (PP)
Leão se afasta de parque onde vive solto e assusta moradores de cidade africana
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco