Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

SUBVENÇÃO SOCIAL

Hospital do Câncer recebe R$ 2,4 milhões para recuperação de edifício e equipamentos

Publicado em: 22/07/2021 12:20

Governador sanciona lei que garante subvenção ao Hospital de Câncer (Aluisio Moreira/SEI)
Governador sanciona lei que garante subvenção ao Hospital de Câncer (Aluisio Moreira/SEI)
Aproximadamente R$ 2,4 milhões serão destinados a equipar e concluir a recuperação de um edifício desativado após um incêndio ocorrido em 2014, do Hospital de Câncer de Pernambuco (HCP), no Recife. A lei que autoriza a concessão foi sancionada nesta quinta-feira (22), pelo governador Paulo Câmara (PSB). A previsão é que seja recuperado os pavimentos onde funcionarão o novo Centro de Transplante de Medula Óssea (TMO), 24 leitos para hematologia, 20 leitos de UTI, um novo centro cirúrgico com 12 salas e a central de material de esterilização, além de 13 leitos da sala de repouso.

“Aprovamos um projeto na Assembleia Legislativa que garante essa subvenção ao Hospital de Câncer, e vai possibilitar a abertura de novos leitos, a oferta de um melhor serviço, de novos exames e novos espaços para cuidar das pessoas. A oncologia é uma área extremamente essencial em Pernambuco”, destacou Paulo Câmara. O HCP já recuperou o pavimento térreo do prédio anexo, destruído pelo incêndio em 2014, e instalou no local o novo Centro de Quimioterapia.

Segundo o presidente do Conselho de Administração do Hospital de Câncer de Pernambuco, Ricardo de Almeida, os novos recursos são importantes para a população, que será a grande beneficiada com as ações de prevenção, educação, tratamento e também de ensino e pesquisa que são oferecidas no hospital. “Com a recuperação do prédio, todos esses serviços serão potencializados", afirmou. Almeida esteve acompanhado de Cláudia Barbosa, superintendente administrativa do HCP.

Fundado em 1945, o HCP é uma instituição privada, sem fins lucrativos, dedicada ao diagnóstico e tratamento de pacientes oncológicos exclusivamente por meio do Sistema único de Saúde (SUS). A lei sancionada, foi uma concessão de subvenção social, ou seja, corresponde a um auxílio por parte do governo geralmente feito em dinheiro. Ela é destinada a entidades públicas e privadas e tem objetivos assistencialistas.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, cerca de 50% dos pacientes em tratamento de oncologia em todo o Estado procuram o HCP, e as verbas destinadas à instituição serão fundamentais para melhorar o atendimento. “É um reconhecimento a essa unidade hospitalar, buscando incentivar a expansão e a qualificação do atendimento à população pernambucana”, finaliza.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Bolsonaro investigado: Não aceitarei intimidação
Manhã na Clube: entrevistas com prefeito João Neto (PL), dra Tamires Sales e advogado Rômulo Saraiva
Manhã na Clube: entrevistas com Chico Kiko, Diego Pascaretta e Rômulo Saraiva
Domitila, artivista e recifense que está entre as selecionadas do Miss Alemanha 2021
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco