Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

ALERTA

Férias escolares exigem atenção extra contra choques elétricos

Publicado em: 06/07/2021 14:54

 (Foto: Paulo Paiva/DP Foto)
Foto: Paulo Paiva/DP Foto
Com crianças e jovens cada vez mais conectados e em isolamento social, o período das férias de julho traz riscos extras no que diz respeito aos choques elétricos. Os cuidados para a prevenção de acidentes, portanto, precisam ser redobrados.

Algumas dicas simples já bastam para evitar problemas maiores, sendo a primeira e mais básica delas manter as crianças longe de qualquer equipamento que possa causar choques e colocar protetores nas tomadas para que nenhum objeto de metal possa ser introduzido nelas. 

Eudes Oliveira, Gerente de Saúde e Segurança da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), explica que os adultos devem supervisionar as brincadeiras que envolvem eletrônicos. “Ao ligar e desligar equipamentos eletrônicos da tomada, como videogames e computadores, o adulto deve estar presente para realizar a ação, sempre utilizando o plugue e jamais puxando diretamente o fio. São ações simples como essa que ajudam na prevenção de acidentes elétricos e mantém toda a família em segurança”.

Ele continua, lembrando que É necessário observar se a fiação está em boas condições antes de utilizar qualquer aparelho. “Se o cabo apresentar algum desgaste no isolamento, o aparelho não deve ser conectado à tomada, caso contrário, pode representar perigo de choque elétrico”, completa.

Também não é recomendado deixar que as crianças utilizem tablets e smartphones quando as baterias estiverem sendo carregadas nas tomadas. 

Alerta para ambientes molhados

A água é um conhecido condutor de energia. Entre as orientações, está a de não utilizar a geladeira com os pés descalços nem manter contato com qualquer tipo de eletrodoméstico quando o corpo estiver molhado.

“Esse cuidado deve ser ainda maior nas casas com piscina, uma vez que é comum as pessoas saírem molhadas e abrir freezers e refrigeradores. Lembre-se que água e energia não combinam”, destaca Eudes. 

O gerente da Celpe informa que, em áreas molhadas, é obrigatório instalar o condutor de aterramento (“fio terra”), conforme exigência da NBR 5410 (Instalações Elétricas em Baixa Tensão).

Em toda residência, é necessário observar se existem fios expostos ou descascados, mas especialmente em instalações elétricas de casas de praia ou de campo, pois crianças costumam circular mais livremente nestas áreas. Com isso, é importante garantir que exista um Disjuntor Diferencial Residual instalado e funcionando.

Em casos de acidentes com energia elétrica dentro de casa, providencie socorro ligando para o Corpo de Bombeiros (193) ou para o Samu (192) e desligue o disjuntor elétrico ou a chave geral. É importante lembrar que não se deve tocar na vítima ou no fio elétrico sem saber se estão desligados.

Principais dicas para evitar acidentes com crianças: 
1. Mantenha as instalações elétricas em bom estado. Não use fios emendados, velhos ou danificados; 
2. Água e eletricidade não combinam: mantenha os aparelhos elétricos longe de água e ao utilizar qualquer equipamento esteja sempre calçado e com as mãos enxutas;
3. Mantenha as crianças longe de tomadas, fios e aparelhos elétricos. Use tomadas no novo padrão do Inmetro ou utilize protetores;
4. Ao ligar ou desligar um eletrodoméstico da tomada, segure pelo plugue (parte rígida isolante), e nunca puxe pelo fio;
5. Fique atento: usar o “T” (benjamim) ou extensões, em caráter definitivo, é perigoso, podendo causar curtos circuitos e incêndio;
6. É extremamente perigoso subir em postes, torres de alta tensão ou invadir subestações. Mantenha distância de fio caído ou partido, previna as pessoas para que se afastem do local e ligue de imediato para a Celpe.
7. Para soltar pipas procure lugares abertos, afastados da rede elétrica. Além disso, não use cerol ou fio metálico. E se a pipa ficar presa nos fios elétricos, nunca tente retirá-la;
8. Energizar cercas, muros ou portões pode causar acidentes.
9. Nunca use fios metálicos nem papel laminado para confeccionar a pipa, eles são como condutores de energia e podem causar choques fatais;
10. Se a pipa ficar presa nos fios elétricos, nunca tente retirá-las;
11. Não use cerol. Além do risco de ferir ou mesmo matar, o cerol costuma cortar os fios;
12. Não jogue objetos na rede de energia elétrica, como arames, correntes e cabos de aço, além de causar interrupções no fornecimento, há grande risco de provocar acidentes;
13. Não solte pipas em dias de chuva ou vento muito forte. Em caso de relâmpagos, recolha a pipa imediatamente.

*Com informações da Celpe

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com o médico geriatra Marcelo Cabral
Apesar dos protestos, começa a Olimpíada de Tóquio
Manhã na Clube: entrevista com o Presidente da Alepe, deputado Eriberto Medeiros (PP)
Em busca por vestígios de vida em Marte
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco