Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

DIREITOS

PCR promove Semana de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa

Publicado em: 10/06/2021 16:58

 (Foto: Arquivo DP.)
Foto: Arquivo DP.
Entre os dias 14 e 18 de junho, a Prefeitura do Recife promoverá uma série de atividades em alusão à Semana de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa. A programação, em parceria entre as Secretaria de Saúde do Recife, Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos e o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa (Comdir), contará com rodas de conversas, salas de espera, adesivaço e um seminário online sobre o assunto. O principal objetivo da Semana é chamar atenção e reduzir os números desta grave violação aos direitos humanos. 

A abertura do evento será realizada na segunda-feira (14), às 9h, na sala de espera do ambulatório do Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa (HECPI), com um ato simbólico de distribuição de laços roxos, que representa o enfrentamento da violência contra a pessoa idosa. Na ocasião, haverá também uma palestra com o tema 'As diversas formas de violência contra a pessoa idosa como denunciar.'

Na terça-feira (15), quando é comemorado o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, a distribuição de laços roxos acontecerá no hall do edifício-sede da Prefeitura do Recife. A campanha será divulgada pelas equipes da Gerência da Pessoa Idosa do Recife.

Referência no atendimento à saúde da população idosa do Recife, o Hospital Eduardo Campos também fará um trabalho específico sobre o tema com os profissionais da unidade. Nas terça e quarta-feira (15 e 16), serão realizadas rodas de diálogo com colaboradores que atuam no próprio ambulatório e unidades de terapia intensa, com o objetivo de apresentar as ferramentas necessárias para detectar marcas visíveis da violência física (esquimoses), bem como abordar outras formas de violência, por meio dos aspectos psicoemocionais. 

Já na quinta (17), será realizado um adesivaço itinerante na unidade para atingir o maior número de profissionais.  No último dia da programação, na sexta-feira (18), haverá sala de espera cantada, em duas sessões, para os pacientes que tiverem consulta marcada no HECPI. Nos dois momentos, às 10h e às 15h, os profissionais abordarão assuntos relacionados ao envelhecimento e valorização à vida. Para encerrar a Semana, a psicóloga Rita de Kassia, a gerente da Pessoa Idosa da PCR, Cacilda Medeiros, e a coordenadora de Saúde Psicossocial do HECPI e coordenadora da Política Municipal de Atenção à Saúde do Idoso, Kylvia Martins, discutirão ˜Proteção e defesa dos direitos das pessoas idosas em Recife' em um webnário aberto ao público, às 15h30. A transmissão do evento será feita pela página do Facebook da Gerência da Pessoa Idosa. 

"O abuso contra a pessoa idosa é um problema que sempre esteve presente na sociedade. O preconceito e a discriminação são as formas mais antigas, comuns e frequentes dessa violência, que estimulam comportamentos como depressão, isolamento e, em muitos casos, o desejo de morte. É muito comum que eles se calem sobre os abusos físicos que sofrem e, por geralmente vir de um familiar próximo, se isolem para que outros não tomem conhecimento, prejudicando ainda mais sua saúde mental e sua qualidade de vida", explica Kylvia Martins.  

DADOS - Nos cinco primeiros meses de 2021, o Centro Integrado de Atenção e Prevenção à Violência contra a Pessoa Idosa recebeu 479 denúncias, mais da metade do número registrado em todo o ano passado, quando foram notificadas 744 queixas. 

POLÍTICA DE SAÚDE - A Política de Saúde da Pessoa Idosa do Recife tem o objetivo de promover a autonomia dos idosos, direcionando medidas coletivas e individuais de saúde para esse fim, em acordo com os princípios e diretrizes do SUS. Voltada a todos os cidadãos recifenses a partir dos 60 anos, a política possui três eixos: prevenção/promoção, assistência à saúde e educação permanente: 

Prevenção - Inclui a vacinação dos idosos, inclusive os acamados, através do Programa Nacional de Imunização (PNI); estímulo à prática de atividades físicas pelos idosos nos polos do Programa da Academia da Cidade; além de oferta de meditação, dança circular, uso de plantas medicinais, yoga e outras práticas integrativas através do Núcleo de Apoio às Práticas Integrativas etc. 

Assistência - O atendimento clínico acontece nas unidades da Atenção Básica, onde os idosos são acompanhados e monitorados por vários profissionais da Estratégia de Saúde da Família.  Nas unidades, há encontros nos grupos de discussão, entrega de medicamentos (com consultas farmacêuticas) e orientações. Os casos mais graves são encaminhados para consultas especializadas nas Policlínicas. 

Já os pacientes acamados contam com o Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD), que dispõe de cerca de 500 leitos e equipe multidisciplinar. Além disso, os idosos que precisam de atendimento odontológico são assistidos pelas Equipes de Saúde Bucal e, quando necessitam de tratamento especializado ou prótese, são encaminhados aos oito Centros Especializados de Odontologia (CEOs).

Educação permanente - São trabalhadas questões referentes à Política, através de capacitações, encontros, reuniões e seminários; facilitadores de Grupos de Saúde dos Idosos (ACS, médico, enfermeiro, NASF); e capacitação direcionada a outros profissionais da Atenção Básica.

CADERNETA DA PESSOA IDOSA - Desde 2018, a Secretaria de Saúde do Recife utiliza, na Atenção Básica, a nova Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa, do Ministério da Saúde. O instrumento permite o registro e o acompanhamento, pelo período de cinco anos, de informações sobre dados pessoais, sociais, e familiares, condições de saúde, hábitos e de vida, o rastreamento dos idosos mais vulneráveis, além de ofertas orientações para seu autocuidado. Além disso, contribui para a organização do processo de trabalho das equipes de saúde e para a otimização de ações que possibilitem uma avaliação e cuidado integral da Saúde da Pessoa Idosa. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Diabetes: saiba como evitar e controlar antes que seja tarde
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco