Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

CORONAVÍRUS

Em sete dias, Pernambuco abre 60 vagas de UTI entre o Agreste e o Sertão

Publicado em: 02/06/2021 18:56

 (Foto: Thomas Kienzle/AFP
)
Foto: Thomas Kienzle/AFP
A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta quarta-feira (2), 3.551 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 165 (4,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 3.368 (95,5%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 489.145 casos confirmados da doença, sendo 45.175 graves e 443.970 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 406.920 pacientes recuperados da doença. Destes, 25.974 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 380.946 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 73 novos óbitos (37 femininos e 36 masculinos), ocorridos entre os dias 18/04/2020 e 1º/06/2021. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios de Araripina (1), Bezerros (3), Camaragibe (7), Canhotinho (1), Caruaru (2), Custódia (1), Escada (1), Exu (1), Feira Nova (1), Garanhuns (2), Goiana (1), Igarassu (1), Jaboatão dos Guararapes (3), Jatobá (1), João Alfredo (1), Lagoa do Itaenga (1), Limoeiro (2), Nazaré da Mata (1), Olinda (5), Palmares (1), Paulista (1), Pedra (1), Petrolina (4), Recife (15), São Benedito do Sul (1), São Bento do Una (1), São Caitano (2), Serrita (1), Surubim (1), Tabira (2), Tamandaré (1), Toritama (1), Trindade (1) e Vitória de Santo Antão (4). Com isso, o Estado totaliza 16.013 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 25 e 92 anos. As faixas etárias são: 20 a 29 (1), 30 a 39 (3), 40 a 49 (6), 50 a 59 (20), 60 a 69 (17), 70 a 79 (12), 80 ou mais (14). Do total, 52 tinham doenças preexistentes: doença cardiovascular (30), diabetes (21), hipertensão (16), obesidade (6), doença hepática (3), doença renal (2), doença respiratória (1), doença de Alzheimer (1) e imunossupressão (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os demais seguem em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 29.703 casos foram confirmados e 51.598 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais. O boletim de hoje também traz, em sua parte final, o detalhamento da testagem destes profissionais. 

Vagas de UTI

No esforço para expandir ainda mais a rede de terapia intensiva em Pernambuco, que já possui o maior quantitativo desse tipo de leito para a Covid-19 entre os Estados do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, foram abertas mais 60 vagas em 7 dias. Desse total, 40 foram disponibilizadas no Agreste e 20 no Sertão.

Das vagas abertas, mais 10 começaram a funcionar hoje no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, que já tinha disponibilizado outros 10 ao longo dos últimos dias. Com isso, são 120 leitos de UTI no serviço, o maior com esse suporte do interior do Estado. No Agreste, também já estão recebendo pacientes os hospitais Jesus Pequenino, em Bezerros, e Perpétuo Socorro, em Garanhuns, cada um com 10 vagas. 

No Sertão, foram 10 de UTI pediátrica no Hospital e Maternidade Santa Maria, em Araripina, e 10 leitos de adulto no Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada, que agora totaliza 80 apenas de terapia intensiva.

"Ressalto que continuamos trabalhando diuturnamente para garantir a assistência à população pernambucana, abrindo leitos e dando suporte aos municípios, mesmo com todas as dificuldades que já começamos a enfrentar, de recursos humanos e fornecimento de insumos, já que estamos próximos ao limite da rede. Mas sabemos que essas ações sozinhas não resolvem a situação, tampouco vão diminuir o sofrimento de diversas famílias em todo o Estado. Precisamos evitar novas contaminações e perdas de vidas e isto só será possível se cada 1 tomar consciência da gravidade do momento", disse o secretário André Longo.

O gestor ainda chamou a atenção para as próximas datas comemorativas. " Amanhã, por exemplo, temos um feriado e, no dia 12, o dia dos namorados. Definitivamente, é preciso que todos saibam que estas datas também precisam ser momentos de reforço do cuidado. Faça sua parte: agora é hora de ficar em casa. De só sair se for realmente necessário. E, se sair, usar máscara corretamente, além de reforçar o distanciamento e evitar aglomerações. Voltarmos a uma normalidade possível vai depender apenas de nós mesmos. Com cada um fazendo sua parte agora, vamos superar este momento e poderemos estar todos juntos novamente, em breve", destacou.

Oxigênio

A Central Emergencial de Fornecimento de Gases Medicinais, montada pelo Governo de Pernambuco no último sábado (29), já forneceu - até as 14h desta quarta-feira (2) - 5.490 m³ de oxigênio para atender 40 municípios pernambucanos. A unidade emergencial, que está trabalhando no regime 24h por dia, já abasteceu 718 cilindros para garantir o atendimento aos pacientes com a Covid-19 em unidades municipais de saúde.

"Esta ação do Governo de Pernambuco conseguiu sanar de forma definitiva a crise enfrentada por algumas unidades municipais, seja do Interior do Estado e também da Região Metropolitana, que estavam com dificuldades em fornecer o insumo. O suporte está sendo garantido de forma permanente e a recarga dos cilindros ocorrem 24h, suprindo a necessidade de cada cidade em tempo recorde", afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo. 

Foram atendidos municípios da I Geres (RMR): Igarassu, Moreno; II Geres (sede Limoeiro): Casinhas, Feira Nova, Lagoa de Itaenga, João Alfredo, Orobó, Surubim; da III Geres (sede Palmares): Primavera, Jaqueira, Quipapá, Tamandaré; da IV Região (sede Caruaru): Agrestina, Alagoinha, Altinho, Bezerros, Brejo da Madre de Deus, Cachoeirinha, Camocim de São Félix, Frei Miguelinho, Jurema, Panelas, Riacho das Almas, São Bento do Una, São Caitano; da V Região de Saúde (sede Garanhuns): Bom Conselho, Canhotinho, Capoeiras, Paranatama, São João, Saloá, Calçado, Caetés, Jupi, Lajedo, Palmeirina; da VI Região de Saúde (sede Arcoverde): Buíque, Venturosa; e da X Região de Saúde (sede Afogados da Ingazeira): São José do Egito, Tuparetama. 

Segunda dose

O Programa Estadual de Imunização também fará a distribuição de 3.950 doses da Coronavac/Butantan destinadas exclusivamente para a segunda aplicação. Ao todo, 82 cidades serão beneficiadas. Esse quantitativo foi devolvido pelos municípios do Cabo de Santo Agostinho e Sertânia, que receberam em troca o mesmo quantitativo da Astrazeneca/Fiocruz. Essa possibilidade de devolução foi pactuada pelo Estado e municípios na Comissão Intergestores Bipartite (CIB), com o intuito de auxiliar as cidades que estão com déficit da segunda dose. 

Na segunda quinzena de maio, o programa já tinha encaminhado 58,6 mil doses extras do estoque estratégico para 129 municípios. Contudo, ainda faltaram pouco mais de 49 mil. Com essa entrega, ainda serão necessárias 45.330 doses, para 80 cidades, que já foram solicitadas ao Ministério da Saúde.

Balanço da vacinação

 Pernambuco já aplicou 2.814.464 doses da vacina contra a Covid-19, das quais 1.879.105 foram primeiras doses. Ao todo, foram feitas a primeira dose em 278.831 trabalhadores de saúde; 25.925 povos indígenas aldeados; 41.640 em comunidades quilombolas; 7.628 idosos em Instituições de Longa Permanência; 591.122 idosos de 60 a 69 anos; 394.630 idosos de 70 a 79 anos; 197.009 idosos de 80 anos e mais; 1.345 pessoas com deficiência institucionalizadas; 11.538 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; 228.522 pessoas com comorbidades; 13.301 pessoas com deficiência permanente; 33.549 gestantes e puérperas; 13.531 pessoas de 50 a 59 anos; 51 pessoas em situação de rua, 210 pessoas privadas de liberdade; além de 40.273 trabalhadores de serviços essenciais.

Em relação à segunda dose, já foram beneficiados 214.166 trabalhadores de saúde; 25.587 povos indígenas aldeados; 1.188 em comunidades quilombolas; 5.562 idosos institucionalizados; 247.333 idosos de 60 a 69 anos; 308.596 idosos de 70 a 79 anos; 127.277 idosos de 80 anos e mais; 1.147 pessoas com deficiência institucionalizadas; 4.503 trabalhadores das forças de segurança e salvamento; totalizando 935.359 pessoas que já finalizaram o esquema.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Para evitar contaminação por Covid, robôs oferecem água benta em Meca
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco