Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Covid-19

Em Pernambuco, primeiro fim de semana de restrições tem bares interditados

Publicado em: 28/02/2021 16:17 | Atualizado em: 28/02/2021 17:19

 (Foto: Procon-PE/Divulgação)
Foto: Procon-PE/Divulgação

Neste primeiro fim de semana de medidas restritivas em Pernambuco, em razão do avanço da Covid-19, o Procon estadual anunciou a realização de diversas operações de fiscalização, sobretudo em estabelecimentos comerciais do ramo de alimentação e lazer. No Recife, o trabalho foi realizado em bares no Pina, na Zona Sul; além do Bairro do Recife, na área central. As ações também avançaram pelo município de Carpina, na Zona da Mata Norte.

Na localidade do interior, de acordo com o Procon, na noite última sexta-feira (26), foi feita a interdição do Restaurante Don Costelloni, que permanecia aberto, descumprindo o decreto do Governo do Estado que determina que as atividades econômicas devem funcionar apenas até às 20h, em 63 municípios do Interior do estado. Os eventos sociais também estão proibidos.

Conforme o órgão de defesa do consumidor, já passava das 21h quando os fiscais chegaram ao local, onde ocorria um noivado com mais de 30 pessoas, e algumas circulando sem máscara. Também participaram da ação a Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (Apevisa), a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

“Será lavrado um auto e após análise do porte da empresa, estabelecida a multa, que tem valor mínimo de R$ 10 mil. Pedimos a conscientização da população para que não precisemos avançar para medidas restritivas mais severas”, afirmou o secretário de Justiça e Direitos Humanos, Pedro Eurico.

Decreto:
Em 63 cidades do interior estão proibidas atividades econômicas e sociais de segunda a sexta, das 20h às 5h do dia seguinte. Aos sábados e domingos, a proibição das atividades vai das 17h às 5h do dia seguinte. Na Região Metropolitana do Recife, a partir do sábado (27), às restrições são entre as 22h e às 5h da manhã. As restrições, no entanto, não se aplicam a estabelecimentos e serviços considerados essenciais. Quem estiver descumprindo o decreto será interditado pelo órgão de defesa do consumidor.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Metade da população adulta nos EUA já tomou ao menos uma dose de vacina contra Covid
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 19/04
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Resumo da semana: STF mantém anulações de sentenças contra Lula, mais jovens em UTIs e CPI da Covid
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco