Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Meteorologia

Em nove horas de monitoramento, Recife apresentou volume de chuva equivalente a 15 dias

Publicado em: 26/02/2021 09:53 | Atualizado em: 26/02/2021 10:28

 (Foto: Nando Chiappeta/Arquivo DP )
Foto: Nando Chiappeta/Arquivo DP
Um monitoramento feito pela prefeitura do Recife apontou que a capital pernambucana teve um volume de chuva, nesta sexta-feira (26), equivalente a 15 dias deste mês. O acompanhamento foi feito das 0h às 9h.

Em comunicado, a PCR informou que devido ao pico da maré de 2,3 metros, registrado às 3h23, algumas vias da cidade amanheceram com acúmulo de águas. Em nota, a Defesa Civil também inteirou que foram registradas apenas ocorrências leves na madrugada e início da manhã, sendo sete solicitações de vistorias e 21 pedidos de colocação de lonas plásticas. 
 
Trânsito
A Autarquia de Trânsito e Controle Urbano (CTTU) também informou que equipes formadas por 150 agentes de trânsito e 165 orientadores trabalham em áreas que foram afetadas pelas chuvas e que, além disso, equipes técnicas trabalham com o intuito de realizar os ajustes necessários na rede semafórica da cidade.

Acidente 
De acordo com a CTTU, devido às falhas semafóricas no horário das 0h às 8h, foi registrado um acidente com vítima fatal. A autarquia não informou o bairro em que a fatalidade ocorreu.

"No período, a CTTU registrou ocorrências em 32 semáforos, dos quais cinco já foram atendidos. As equipes técnicas já estão em deslocamento para normalizar todo o sistema. A Central de Operações de Trânsito (COT) da CTTU, que funciona 24 horas por dia, também realiza o trabalho de monitoramento das vias, identificando os pontos mais críticos, através de 162 câmeras de videomonitoramento", informou a nota.

Queda de árvores
A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) também comunicou que foram registradas quatro ocorrências de queda de árvores. As ocorrências aconteceram nas ruas Industrial José Paulo Alimonda, em San Martin; Escritor Álvaro Lins, em Afogados e Correa de Araújo, nas Graças. Ainda segundo a Emlurb, as árvores estavam localizadas em áreas externas, e a remoção na Rua Barão de Souza Leão, em Boa Viagem, ocorreu por causa da queda parcial da área interna do Colégio Santos Dumont para a calçada. 
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco