Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

CRIME

Agente de saúde é estuprada enquanto abria posto em Jaboatão dos Guararapes

Publicado em: 22/01/2021 10:59 | Atualizado em: 22/01/2021 11:02

 (Foto: Agência Brasil/ Arquivo)
Foto: Agência Brasil/ Arquivo
Uma agente de saúde, de 45 anos, foi estuprada na última quarta-feira (20), por volta das 7h, no momento em que iria abrir o posto de saúde no bairro de Comportas, em Jaboatão dos Guararapes. De acordo com o Sindicato dos Servidores do município, a servidora foi abordada por um homem, portando uma arma de fogo, a arrastou para a copa do local, consumou o estupro e espancou a agente de saúde. Um boletim de ocorrência foi realizado na Delegacia da Mulher de Santo Amaro, mas o inquérito vai seguir com a Delegacia da Mulher de Jaboatão dos Guararapes. Muito abalada, a mulher passou por exames no Instituto médico legal (IML) e foi medicada na Policlínica Lessa de Andrade, no Recife. 

De acordo com a polícia, além de estuprar e espancar a agente de saúde, o criminoso roubou o celular da vítima e um tablet. As investigações seguirão até identificar o autor do crime. Câmeras de segurança das redondezas serão utilizadas para localizar o estuprador. 

Em nota, a Secretaria de Saúde de Jaboatão dos Guarapes lamenta a violência sofrida pela funcionária e informa que “está sendo dada toda assistência para que ela se recupere desse trauma o mais rápido possível. Ela foi encaminhada a uma unidade hospitalar para a realização de exames e terá apoio psicológico durante o período que for necessário”. 

O sindicato dos servidores afirmou à reportagem que a segurança dos postos de saúde é precária e que não faz parte do ofício abrir o posto. Além disso, o sindicato está convocando os servidores para participar de uma assembleia virtual na próxima terça-feira (26), às 9h, em que irão decretar paralisação de 24 horas de todos os servidores e servidoras municipais da saúde “em repúdio à violência física e sexual sofrida por uma servidora municipal da saúde ACS”, afirma a nota.

Em comunicado, a prefeitura de Jaboatão dos Guararapes enfatiza que a segurança na unidade de saúde está sendo feita por um vigilante e a Guarda Municipal intensificou as rondas na área. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Covid longa preocupa OMS e desperta desafios
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 25/02
Bolsonaro diz não ter briga com a Petrobras
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 24/02
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco