Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

AGLOMERAÇÃO

Praias do Recife registram aglomerações no feriado de Natal

Publicado em: 25/12/2020 10:31 | Atualizado em: 25/12/2020 19:30

 (Foto: Gabriel Inácio/Esp. DP)
Foto: Gabriel Inácio/Esp. DP
Na manhã desta sexta-feira (25), dia em que é comemorado  o feriado de Natal, a reportagem do Diario passou por alguns pontos da orla da Zona Sul do Recife. Muitos recifenses acordaram cedo para aproveitar o dia nas praias de Boa Viagem, Pina e Buraco da Velha, e também praticavam exercícios ao longo da orla. Muitas pessoas ainda insistiam em não usar máscara, algumas estavam aglomeradas na faixa de areia e outras praticavam exercícios sem fazer o uso do equipamento de proteção contra o coronavírus.

Nas proximidades da Pracinha de Boa Viagem, alguns idosos faziam caminhadas com máscaras no queixo. Algumas famílias estavam chegando na praia - por volta das 9h-, acompanhadas de crianças e adolescentes que também não usavam o equipamento. A movimentação, até o momento, era pouca no local, mas o vendedor Manuel Francisco, 52 anos, disse que em poucas horas ficaria concorrido para achar uma mesa disponível.

"Ainda não tem muitas pessoas aqui porque o mar nesse horário ainda está enchendo. Acredito que por conta da ressaca do feriado, muitas pessoas vão deixar para vim um pouco mais tarde", disse Manuel, que comercializa seus produtos há 30 anos no local.

Na altura da Padaria Boa Viagem, localizada na avenida de mesmo nome, muitas barracas ainda estavam sendo armadas, mas já havia intensa movimentação de banhistas no local. A dona de casa Lucimar Ferreira, 29 anos, foi acompanhada do seu filho Daniel de apenas 6 meses para a praia, e aguardava o marido e mais três amigas para aproveitar a praia. "Minhas amigas insistiram muito para eu vir, eu estou com medo, mas estou fazendo a minha parte usando máscara e álcool gel", disse Lucimar.

A poucos metros dali, na praia do Buraco da Velha, em Brasília Teimosa, difícil era achar uma pessoa que usasse máscara. As mesas na faixa de areia estavam muito próximas uma das outras. A movimentação estava mais intensa no local, que fica próximo ao Posto 1 de observação e salva-vidas, do Corpo de Bombeiros, se comparado aos outros pontos que a reportagem passou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 25/01
Enem 2020: professores do Colégio Núcleo comentam ao vivo as provas deste domingo
Verão inspira cuidados com a saúde e alimentação
Resumo da semana: enfim, a vacina, posse de Biden e cerco contra os fura-filas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco