Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Covid-19

Prefeitura do Recife credencia mais de 300 costureiras e costureiros para confecção de máscaras de tecido

Publicado em: 20/11/2020 18:12 | Atualizado em: 20/11/2020 20:23

 (Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR)
Fotos: Andréa Rêgo Barros/PCR
A Prefeitura do Recife divulgou, nesta sexta (20), a relação com as costureiras e costureiros, microempresas e cooperativas que serão responsáveis pela confecção de 300 mil máscaras de tecido a serem distribuídas para a população mais vulnerável como forma de combate ao vírus da covid-19. O terceiro edital de chamamento público selecionou 301 costureiras e costureiros e 8 microempresas e cooperativas para a produção das máscaras, que serão compradas pela Prefeitura pelo valor de R$ 2,20.

Os dois chamamentos anteriores resultaram na compra e distribuição de mais de 700 mil máscaras. “Com as 300 mil que serão compradas no terceiro edital, garantimos a entrega de 1 milhão de máscaras para os recifenses. Além de proteger a população contra o coronavírus, estimulamos a economia local e a geração de renda”, afirma o secretário de Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo, Antônio Júnior, responsável pela ação juntamente com o Gabinete de Projetos Especiais (GABPE).

Os interessados realizaram inscrição e apresentaram a documentação necessária. Aqueles que passaram na seleção receberão as encomendas e, nos próximos dias, essas máscaras serão distribuídas nas Estações Itinerantes e no trabalho porta a porta realizado pelas equipes da Secretaria de Saúde. Os selecionados devem entrar em contato para agendar as entregas dos produtos, pelo e-mail agendamento.mascaras3@gmail.com. A marcação de horário é necessária para evitar a aglomeração de pessoas. A lista dos credenciados foi publicada na edição da quinta-feira (5) do Diário Oficial do Município e está disponível no portal da Prefeitura do Recife (www.recife.pe.gov.br), no banner “Credenciamento Costureiros”. 

O terceiro chamamento público, que tem validade de um ano, foi realizado entre os dias 5 e 13 de novembro. Para ser um fornecedor, os costureiros e costureiras (Pessoa Física) devem ter idade mínima de 18 anos completos e uma conta bancária em seu nome. Já os microempreendedores e as Cooperativas precisam estar inscritos no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ) e ter Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE) voltada à área de confecção. Todos precisam ter residência e sede no Recife.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 02/12
Moderna espera entregar sua vacina antes do Natal
OMS alerta para situação do Brasil e México na pandemia
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 30/11
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco