Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

CBTU

Metrô adota trem pendular para reduzir espera em linha que teve descarrilamento

Publicado em: 24/11/2020 18:41 | Atualizado em: 24/11/2020 20:21

 (Foto: Peu Ricardo/DP)
Foto: Peu Ricardo/DP
Desde a última sexta-feira, quando um vagão de trem na Linha Sul do Metrô descarrilou entre as estações Largo da Paz, em Afogados, e Joana Bezerra, usuários vêm sofrendo com atrasos e superlotação. O serviço só será normalizado quando for sanado o problema por completo, através da substituição dos dormentes - peças de concreto que fixam os trilhos e foram danificadas no descarrilamento. A previsão para o fim da troca deverá ser divulgada somente nesta sexta-feira (27). Nesta terça, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) decidiu adotar uma nova solução para agilizar o funcionamento da linha enquanto a substituição é feita.

A partir das 5h da quinta-feira (26) terá início o uso de dois trens pendulares que ficarão exclusivamente trafegando no trecho entre as estações Recife e Largo da Paz. Os passageiros que vierem das demais estações da Linha Sul precisarão descer no Largo de Paz e pegar o novo trem pendular.

A nova estratégia diminuiu de 25 para 12 minutos o intervalo médio entre os trens nesta linha, que continua a operar em "via singela", quando apenas uma ferrovia é usada pelos trens nos dois sentidos. 

Até o acidente ocorrer, os passageiros estavam acostumados a chegar aos seus destinos usando um só trem. Com o sistema temporário de baldiação, a linha ganhou mais dois trens. Segundo a CBTU, o número passou quatro para seis, sendo que quatro composições operam da Estação de Cajueiro Seco até a Estação Largo da Paz e mais duas da Estação Recife ao Largo da Paz.

Na tarde de ontem foram feitos testes operacionais para avaliar se é viável a continuação da operação cotidiana, onde o passageiro, em um só transporte, chegava ao seu destino. Ainda está sendo decidido se será aprovada a operação em via singela definitiva entre as estações.

"Fica muito complicado para o passageiro, com muito tumulto e aglomeração nas estações. Não temos informações nem organização. Muita gente fica perdida nessa situação. Passei quase 40 minutos parada dentro do trem na Estação Recife para poder chegar até a Estação do Largo da Paz. Normalmente eu nem espero. O trem chega de imediato ou leva no máximo 10 minutos", disse Renata Farias, 34.

"Foram mais de 1,6 mil dormentes quebrados. A gente já fez a manutenção de 400. Vamos verificar o tamanho do serviço executado nessa primeira semana e, com os cálculos técnicos, as equipes poderão fazer a previsão de quando o serviço será concluído", disse o  gerente de comunicação da CBTU no Recife, Salvino Gomes.

A Linha Sul, que foi prejudicada com o desalinhamento dos trilhos, passa pelos bairros da Joana Bezerra, Imbiribeira, Boa Viagem, Muribeca dos Guararapes e Prazeres. Antes da pandemia, a linha atendia a 120 mil pessoas diariamente. Hoje o fluxo reduziu para cerca de 40 mil pessoas.

A usuária de trem Luciene Gomes, 50, contou à reportagem que usa o transporte para chegar até a Estação de Cajueiro Seco e está se sentindo prejudicada devido aos atrasos do transporte. "Eu saí da estação ontem de 6h15 da manhã e só consegui chegar ao trabalho de 8h. Cheguei uma hora atrasada. Todos nós somos prejudicados", disse Luciene Gomes, 50 anos.

Os usuários também reclamam da falta de limpeza nas estações e dizem que não é raro ver pessoas sofrendo acidentes devido ao piso que fica escorregadio pelo acumulo de água dos ar-condicionados dos trens.  
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Enem 2020: professores do Colégio Núcleo comentam ao vivo as provas deste domingo
Enem em plena pandemia vira desafio em dobro para estudantes
Enem para todos com o Fernandinho Beltrão #369 #370 Isolamento geografico, reprodutivo e genético
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 15/01
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco