Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

ALERTA

Procon Recife alerta para diferença de até 94% em um mesmo brinquedo

Publicado em: 05/10/2020 10:46

 (Foto: Procon/ Divulgação )
Foto: Procon/ Divulgação
O Procon Recife realiza pesquisa de preços para o  Dia das Crianças e alerta os consumidores para a necessidade de pesquisar os preços antes de comprar. O órgão municipal de defesa do consumidor realizou, nos últimos 5 dias, uma pesquisa de preços de brinquedos em lojas físicas e virtuais. Foram encontradas diferenças de até 94% no preço da boneca Poly básica e de 89% no preço do carro Spider Speed de controle remoto. 

Com o aumento da demanda nesta época do ano, é importante que os consumidores pesquisem os preços e também se atentem para regras de segurança e adequação do brinquedo à idade da criança.  "Na hora da escolha, também considere a idade, o interesse e a habilidade da criança e verifique o mecanismo de funcionamento", comentou Ana Paula Jardim, presidente do Procon Recife.

BRINCAR COM SEGURANÇA
O Código de Defesa do Consumidor prevê como direito básico do cidadão a proteção da vida, saúde e segurança contra riscos provocados por brinquedos. É comum crianças precisarem de cuidados médicos devido a ferimentos acidentais provocados por brinquedos. Brinquedos sem o selo de certificação do Inmetro não foram testados quanto aos riscos que podem oferecer à criança, podendo ocasionar acidentes ou serem prejudiciais à saúde.

SERVIÇO
Para fazer reclamações ou tirar dúvidas, o consumidor pode entrar em contato com o Procon Recife através do email procon@recife.pe.gov.br e das redes sociais do órgão.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: segunda onda da pandemia, drones na eleição e campanha sem aglomeração
Rhaldney Santos entrevista João Paulo (PCdoB)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Rhaldney Santos entrevista Dr Carlos Romeiro, ortopedista
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco