Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Brumadinho

Pesquisadores do IFPE propõem tecnologia para verificar a qualidade da água do rio Paraopeba, em Brumadinho

Publicado em: 08/10/2020 18:17 | Atualizado em: 08/10/2020 19:22

 (Foto: Adriano Machado/Agência Brasil)
Foto: Adriano Machado/Agência Brasil

Grupo de pesquisadores do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), propôs desenvolver um sistema capaz de fazer o monitoramento em tempo real da qualidade das águas do rio Paraopeba, que tem papel relevante para o abastecimento de Brumadinho e cidades do entorno, em Minas Gerais.

A proposta dos pesquisadores do IFPE concorreu com projetos de diferentes regiões do país, e foi escolhida pelo Centro de Estudos sobre Tecnologias Web, do Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.BR), baseadas nas principais carências da população.

“Fomos a Brumadinho, junto com outros especialistas. Fizemos um levantamento das necessidades locais com 12 organizações locais e moradores, numa dinâmica de priorização das demandas para compreender em quais delas deveríamos focar”, conta o coordenador técnico do programa Jefferson Silva, do Núcleo de Informação e Coordenação.

Segundo o levantamento do Núcleo, as principais carências estavam na elaboração de soluções de vigilância ambiental, focando na preservação do meio ambiente e na ampliação de ofertas sustentáveis. Este foi o caso do projeto de pesquisa do IFPE, que está relacionado ao monitoramento de recursos hídricos, e soluções que conectem produtor e consumidor.

ENTENDA
Segundo os pesquisadores do IFPE, o diferencial do projeto proposto é que se trata de uma tecnologia de baixo custo. “Por meio de painéis solares, as baterias serão carregadas, fazendo com que funcionem de forma autossuficiente. Sensores mergulhados na água realizarão a coleta dos parâmetros que serão analisados, e tecnologias de longo alcance viabilizarão a comunicação com um concentrador conectado à Internet”, explicam os organizadores do projeto Sistema de Monitoramento de Qualidade de Água de um Rio, do IFPE.

Para os pesquisadores, com os dados coletados pela estação poderão ser agregados a um sistema web, no qual o usuário terá a chance de acompanhar informações sobre a qualidade da água.

 

 

 

 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista Armando Sérgio (Avante)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #179 - Coração dos vertebrados
De 1 a 5 : Cuidados com a luz são essenciais na rotina do trabalho remoto
Candidatos têm características das mais distintas, mas estão longe de representar os grupos sociais
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco