Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Saúde

Dia D da Campanha de Multivacinação acontece neste sábado

Publicado em: 16/10/2020 08:13

 (Peu Ricardo/DP Foto )
Peu Ricardo/DP Foto
Pais e responsáveis por crianças e adolescentes menores de 15 anos devem ficar atentos para participar, neste sábado (17), do Dia D da Campanha de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação. Na data, serão ofertados todos os imunobiológicos indicados para essa faixa etária, que deve ser imunizada caso haja alguma dose em atraso. Além disso, meninos e meninas entre 1 e menores de 5 anos devem fazer uma dose contra a poliomielite.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) também recomendou que os responsáveis pelos jovens e crianças procurem, previamente, se informar sobre os locais que estarão realizando o serviço.

“Esta campanha de vacinação é essencial para elevarmos as coberturas vacinais contra diversas doenças. Tivemos uma queda na adesão às vacinas em 2019 e neste ano, com a pandemia da Covid-19, já notamos uma diminuição na procura pelos imunobiológicos. Por isso, este momento é necessário para atualizar as cadernetas de vacinação, proteger as crianças e adolescentes e prevenir contra diversas doenças", reforçou o secretário estadual de saúde, André Longo.

Para as crianças abaixo de 7 anos, as unidades disponibilizam os seguintes imunizantes: BCG, hepatite B, pentavalente, poliomielite, rotavírus, pneumocócica 10, meningocócica C, febre amarela, tríplice viral, varicela, hepatite A e DTP. A partir dos 7 anos, até os menores de 15, podem ser feitas as doses da hepatite B, febre amarela, meningocócica ACWY, HPV e varicela.

A recomendação para as pessoas que apresentam um quadro febril é de aguardar o reestabelecimento do quadro clínico, para que não se atribua à vacina manifestações da doença.

Em casos sugestivos ou confirmados da Covid-19, a SES recomenda manter o isolamento por pelo menos até 3 dias depois do desaparecimento dos sintomas, com tempo mínimo de isolamento de 14 dias do início da sintomatologia. Só após esse período é indicado procurar o posto de saúde para a imunização. Para os contatos, mesmo assintomáticos, também orienta-se aguardar os 14 dias.
 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: segunda onda da pandemia, drones na eleição e campanha sem aglomeração
Rhaldney Santos entrevista João Paulo (PCdoB)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Rhaldney Santos entrevista Dr Carlos Romeiro, ortopedista
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco