Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Hemocentro

Com estoque baixo por conta da pandemia, Hospital Miguel Arraes faz campanha de doação de sangue

Publicado em: 01/09/2020 10:39

Estrutura será montada atendendo normas sanitárias.
 (Foto: Divulgação/Hemope.
)
Estrutura será montada atendendo normas sanitárias. (Foto: Divulgação/Hemope. )
O Hospital Miguel Arraes (HMA), em Paulista, promove mais uma campanha de doação de sangue em parceria com o Hemope, com o objetivo de suprir os estoques do hemocentro, que sofreram uma baixa por conta da pandemia do Novo Coronavírus. A campanha vai acontecer nos dias 9 e 10 de setembro, nas dependências do HMA, onde será montada uma estrutura que obedece ao distanciamento social e às regras de vigilância sanitária.

O HMA foi orientado pelo Hemope sobre os procedimentos a serem adotados durante a campanha, que vai acontecer das 9h às 16h e terá capacidade para atender 60 doadores em cada dia. Os funcionários que estarão envolvidos na ação também passaram por treinamento para atender a população, que deve comparecer usando máscaras de proteção e cumprindo o distanciamento, uma vez que os assentos estarão marcados.

“Recebemos uma visita técnica do Hemope, que aprovou nosso planejamento e apontou as diretrizes a seguir, inclusive com número de doadores, recepção e acesso ao local de doação”, explicou Aluízio Barreto, coordenador da Agência Transfusional do HMA.

Ao contrário dos anos anteriores, onde todo o processo de triagem e captação era feito dentro do Hospital, este ano os doadores serão recebidos na área externa do prédio da Administração, onde será feito o cadastro e realizada a espera. Apenas o doador terá acesso às salas de entrevista médica, captação e lanche. A quantidade de acessos será monitorada por funcionários do HMA.

Para doação de sangue é necessário ter mais de 50 quilos, estar alimentado e em boas condições de saúde, e apresentar um documento original, com foto (identidade, carteira de habilitação ou carteira de trabalho. Crachás não são aceitos). Também é necessário respeitar os intervalos entre as doações de sangue, com frequência máxima admitida de quatro doações anuais para o homem e de três para a mulher. Nesta campanha, devido à pandemia, não serão aceitos doadores menores de 18 anos, bem como doadores acima de 60 anos. A orientação é não usar bicicletas como meio de transporte até o HMA e não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação. 
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista o candidato à prefeitura do Recife Coronel Feitosa (PSC)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #162 Anelídeos: segmentação corporal e parapódios
De 1 a 5: Dicas para a sua bicicleta ser seu transporte diário
Ministério da Saúde autoriza volta parcial da torcida na Série A
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco