Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Direitos

Centro de Cidadania LGBT do Recife completa 6 anos de funcionamento

Publicado em: 28/08/2020 17:22

 (Foto: Cortesia/PCR.)
Foto: Cortesia/PCR.

O Centro de Referência em Cidadania LGBT do Recife foi inaugurado pela Prefeitura do Recife em 2014, no dia 29 de agosto. Desde 1996, a data também marca o Dia da Visibilidade Lésbica no Brasil. Dessa forma, para celebrar os seis anos de funcionamento do Centro LGBT e tornar o dia ainda mais importante para a comunidade, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos (SDSJPDDH) do Recife lança a campanha virtual "Esse ambiente é livre de preconceito!".

A campanha visa disseminar as leis que punem e proíbem atos discriminatórios e divulgar o equipamento de prestação de serviços à população LGBT. Atualmente, mais de dois mil usuários são acompanhados pelas equipes e, desde o início da operação do espaço, mais de dez mil atendimentos já foram realizados. 

Para Ana Rita Suassuna, secretária da SDSJPDDH, celebrar o aniversário do Centro LGBT é comemorar a conquista de um espaço de acolhimento e resistência para a comunidade. "Garantir direitos a todas as pessoas é a nossa missão. A existência de um equipamento como este agrega à luta da população LGBT por justiça e cidadania", ressaltou a gestora.

A esteticista Alexia de Oliveira, mulher trans, sofreu homofobia dentro de uma instituição de ensino onde estudava e, no Centro LGBT, recebeu orientação jurídica. "Logo no início de operação do equipamento, tive apoio quando precisei e serei eternamente grata. Atualmente, estou sempre aqui ocupando o espaço e procuro conscientizar amigos e conhecidos sobre o quão importante o Centro é para a sociedade como um todo", disse Alexia.

Desde o dia 24, em alusão à Semana Nacional da Visibilidade Lésbica, foram realizadas diversas atividades com o intuito de promover a garantia dos direitos das mulheres lésbicas e bisexuais com iniciativa da Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas sobre Drogas e Direitos Humanos (SDSJPDDH), Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife e Secretaria Municipal da Mulher. As ações também tiveram o objetivo de reforçar todos os serviços municipais que visam garantir o direito à saúde, cidadania e proteção da população LGBT.

Serviço
De segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, gays, lésbicas, bissexuais e transexuais podem buscar, no Centro LGBT, os serviços de orientação jurídica, encaminhamento para alteração do prenome para pessoas trans, atendimento psicológico e assistencial, incluindo orientação, inclusão e atualização do Cadastro Único (CadÚnico) para Programas Sociais do Governo Federal, concessão de cestas básicas aos usuários cadastrados e acompanhados pelo equipamento, além de encaminhamento para emissão de documento e certidões. No Centro LGBT,  localizado na Rua dos Médicis, n° 86, Boa Vista, também são realizados agendamentos para atendimento no Ambulatório LGBT- Patrícia Gomes, que funciona na Policlínica Lessa de Andrade, na Madalena.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Detran-PE realiza ações na Semana Nacional do Trânsito
De 1 a 5: Cuidados na saúde ocular das crianças
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #159 - Lesmas, Minhocas e Planárias
Rhaldney Santos entrevista a ginecologista Altina Castelo Branco
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco